Mendeley

Sim. Para isso basta acessar a página do Mendeley e preencher as informações de cadastro. É gratuito.

Não.

Não, você pode apenas arrastar referências do Mendeley para um documento do Drive. Há outras opções de gerenciadores como o EasyBib, PaperPile, F1000, Scrible Writer etc, que funcionam com o Drive, basta instalar em Add-Ons>Get add-nos.

Sim, utilizando a versão Desktop do Dropbox (pasta do Windows Explorer).

  1. Desinstale o plug-in do Mendeley Word. Isso pode ser feito no Mendeley Desktop na aba Tools.
  2. Reinicie sua máquina.
  3. Reinstale o plug-in do Mendeley Word.

Observação: o plug-in do Mendeley para Word não é compatível com a versão do Word 365. Para verificar qual sua versão do Word, clique na aba Arquivo>Conta>Sobre o Word.

Caso isso não funcione, siga as instruções de instalação manual do plugin disponíveis aqui.

Se nenhuma das alternativas acima funcionar, entre em contato com a biblioteca da sua unidade.

Selecione o documento para o qual você gostaria de adicionar um autor institucional.
Na guia "Detalhes" no painel à direita, clique no campo "Autor" e insira o nome da instituição.
Na lista suspensa exibida, selecione o nome da sua instituição com '(Organização / Instituição)'. Isso marcará o autor como uma instituição e não o abreviará como um nome individual.

Você pode usar o Mendeley para compartilhar suas próprias publicações com outros usuários, adicionando-as de duas formas:

  • Pelo seu perfil pessoal do Mendeley na Web. Clique sobre o seu nome no canto superior direito, depois em Publications e faça o upload.
  • Pelo Mendeley Desktop. Adicione suas publicações à pasta My publications.

As publicações ficarão disponíveis a outros usuários no Mendeley Web através do seu perfil e no Desktop poderão aparecer nos resultados de pesquisa através do Literature search.

O catálogo do Mendeley faz buscas nas bibliotecas de usuários, portanto a pesquisa só retorna resultados para aquelas referências que já foram adicionadas por algum usuário. Se o artigo procurado for muito novo ou desconhecido, talvez você não o encontre nas pesquisas. 

Participe do módulo do Super 8 “Introdução à pesquisa com Bases de Dados" e conheça todas as funcionalidades e principais diferenças entre os dois gerenciadores.

Sim, você pode sincronizar seu Kindle Paperwhite com o Mendeley para ler seus documentos. Siga o passo a passo abaixo:

1. Acesse o site https://www.kinsync.com e preencha os dados solicitados para sincronizar seu Kindle com o Mendeley. Você receberá um código de verificação no seu e-mail pessoal. Para isso é importante aprovar o endereço de e-mail do remetente acessando sua conta na Amazon:

1.1 Efetue sign-in na conta da Amazon.

1.2 Em Contas e listas clique em Gerenciar seu conteúdo e dispositivos > preferências > configurações de documentos pessoais.

1.3 Em Lista de e-mails aprovados adicione o e-mail kindle@kinsync.com

2. Assim que essas configurações forem realizadas, você verá uma pasta chamada KinSync Folder no Mendeley Desktop e no Mendeley Web.

3. Arraste documentos para esta pasta.

4. Retorne ao site https://www.kinsync.com para syncronizar. Em alguns minutos você verá os documentos arrastados no Kindle.

Zotero

Não. A criação de conta é opcional.

Não.

Sim, mas é necessário instalar o plugin Better BibTeX for Zotero.

Sim. O Zotero instala automaticamente uma aba no editor do Drive, o Google Docs.

Sim, utilizando a versão Desktop do Dropbox (pasta do Windows Explorer).

Microsoft Word/LibreOffice Writer

Reinstale o suplemento

1) Certifique-se que o processador de texto e outros programas do pacote estejam fechados;

2) No Zotero, vá em Editar>Preferências;

3) Selecione a aba "Citação">sub-aba "Processadores de texto";

4) Clique em "Instalar o Suplemento" abaixo do nome do processador de sua escolha;

5) Abra o processador de texto;

6) Se o programa mostrar uma mensagem sobre macros selecione a opção para habilitá-las.

1 Abra a pasta de instalação do Zotero (geralmente C: \ Arquivos de Programas (x86) \ Zotero).

2 Na pasta de instalação, abra a pasta Extensões>WinWordIntegration@zotero.org>Install, onde você vai encontrar uma cópia do arquivo Zotero.dotm (para Word for Windows 2007 e superior) ou Zotero.dot (para versões mais antigas do Word)*.

3 Abra o Word e encontre a pasta de inicialização usando as instruções abaixo.

3.1 Clique na guia Arquivo>Opções>Avançado;

3.2 Na subdivisão  "Geral", clique no botão Locais dos arquivos. A pasta de inicialização deve estar listada lá. Selecione-a e clique em Modificar.

4 Agora você deve ter duas pastas abertas: a pasta de inicialização do Word e a pasta “install” contendo Zotero.dotm. Copie o arquivo Zotero.dotm para sua pasta de inicialização do Word. (Certifique-se de copiar o arquivo em vez de movê-lo.)

5 Inicie (ou reinicie) o Microsoft Word para começar a usar o plug-in.

* Se a pasta estiver vazia, reinstale o Zotero.

Para funcionar no LibreOffice o plugin do Zotero tem como requisito:

- MacOS: Java Development Kit (JDK).

- Linux/Windows: JDK ou Java Runtime Environment (JRE). Para o Linux talvez seja necessário procurar versão incluída em sua distribuição. No caso do Windows é necessário verificar se a instalação é compatível com o tipo de sistema (32 ou 64 bits).

1) Baixe e instale programa necessário em: https://www.oracle.com/br/java/technologies/javase-jre8-downloads.html ou https://www.oracle.com/br/java/technologies/javase/javase-jdk8-downloads.html ou https://adoptopenjdk.net/installation.html?variant=openjdk13&jvmVariant=hotspot#;

2) Após instalação, abrir o Writer;

3) Na barra de Menus, ir em Ferramentas>Opções>LibreOffice>Avançado;

4) Na janela, em Opções do Java, marque a opção “Utilizar um JRE”, selecione uma das opções disponíveis na caixa de seleção que aparece;

4.1) Se não aparecer uma opção para selecionar clique em Adicionar;

4.2) Procure no seu disco os arquivos de instalação e selecione a pasta onde eles se encontram, o nome do JRE ou JDK aparecerá na lista, selecione a opção e clique em ok;

5) Reinicie o LibreOffice.

Ao incluir a citação do documento que teve acesso, adicione o prefixo com o seguinte formato: SOBRENOME, ANO <i>apud</i>. Exemplo: CASARIN, 2011 <i>apud</i>