Caso
Eutanásia em Bayonne/França


José Roberto Goldim


Um médico frances, de 50 anos, foi preso pela polícia francesa após ter sido denunciado por outros funcionários de seu hospital por ter antecipado a morte de uma paciente de 93 anos. O médico, que atua no serviço de emergência do hospital, curarizou a paciente, gerando a sua morte por parada respiratória. Esta paciente estava internando neste hospital em uma unidade de cuidados paliativos. Este médico não era o seu médico assistente. Em outras três situações anteriores o pessoal de enfermagem já havia ficado desconfortável com medidas semelhantes deste mesmo médico.

O corpo clínico do hospital apoiou a decisão tomada, utilizando o argumento de por que apenas este médico estava sendo preso, se tantos outros profissionais fazem procedimentos semelhantes em outros pacientes em vários hospitais franceses. Houve um grande abaixo-assinado, com mais de 14.000 assinaturas a favor da liberação da eutanásia na França, assim como manifestações da imprensa neste mesmo sentido. A população francesa está dividida com relação a este tema, pois em uma pesquisa de opinião pública, 49% dos entrevistados declaram-se a favor da eutanásia.


Casos
Entrevista sobre Eutanásia na França - Radio França Internacional (19/08/2011)
Eutanásia - Brasil
Textos - Eutanásia
Página de Abertura - Bioética

©Goldim/2011