Código de Experimentação em Seres Humanos


William Beaumont
1833

 

 

  1. There must be recognition of an area where experimentation in man is needed.
  2. Some experimental studies in man are justifiable when the information cannot otherwise be obtained.
  3. The investigator must be conscientious and responsible ... for a well considered, methodological approach is required so that as much information as possible will be obtained whenever a human subject is used. No random studies are to be made.
  4. The voluntary consent of the subject is necessary.
  5. The experiment is to be discontinued when it causes distress to the subject.
  6. The project must be abandoned when the subject becomes dissatisfied.

 

George J. Annas and Michael A. Grodin. (eds) The Nazi Doctors and the Nuremberg Code. New York: Oxford University Press, 1992:125.

Os itens apresentados são fragmentos do suposto Código de Experimentação em Seres Humanos escrito por William Beaumont em 1833. Não há registros claros da existência deste documento. Vale lembrar que a utilização da palavra "random studies" tinha a conotação de fazer "estudos ao acaso", isto é, sem planejamento adequado, e não no sentido de estudos com aleatorização na alocação dos participantes de pesquisa.


Histórico dos Códigos e Diretrizes de Pesquisa em Seres Humanos
Diretrizes, normas e lei em pesquisa em saúde (textos dos documentos)
Página de Abertura - Bioética

(c)Goldim/2004