Bioética Complexa

Caso – Maternidade Substitutiva/México

José Roberto Goldim

 

Fatos

Uma mexicana de 50 anos se transformou em mãe e avó ao mesmo tempo ao emprestar seu ventre para que o filho homossexual pudesse ser pai. "Foi meu primeiro neto, e não o sinto assim porque também é meu quarto filho”, disse a mãe de Jorge, um empresário mexicano de 31 anos.

Para realizar o sonho do filho, o desafio da família começou em novembro de 2009. Cinco meses mais tarde, a mãe de aluguel estava grávida, após ter sido inseminada com o embrião gerado por Jorge e os óvulos doados por uma amiga.

A mãe, que não quis se identificar, disse ter tido a idéia após assistir a um programa de TV em que especialistas diziam que a melhor barriga de aluguel era a avó. No início, Jorge resistiu à proposta da mãe, mas depois viu que esta podia ser a melhor alternativa.

“Minha mãe me dizia: ‘pense na criança, uma mãe barriga de aluguel luta o tempo todo para não amá-lo porque vai doá-lo, e eu não, porque vai ser meu neto’”, contou o empresário.

Além de ajudar ao filho, a intenção da mãe era retribuir Jorge, que anos antes doou um rim para salvar a vida do pai.

A notícia foi contada a amigos e familiares quando os dois tiveram certeza que a mãe substituta estava grávida, 21 anos depois de ter dado à luz o último filho. “Nunca me arrependi. Ao contrário, é um prazer e um privilégio. Também é certo que sofri mudanças hormonais. Logo comecei a engordar”.

Embora houvesse riscos pela idade da mãe, Jorge disse que ao ver o filho no primeiro exame de ultrassom, soube que todo esforço valeu a pena.

O bebê, um menino chamado Darío, nasceu na última segunda-feira (01/11/2010), com 2,4 quilos e 49 centímetros e receberá os dois sobrenomes do pai.

Circunstâncias

Quem fez o que? Onde?
Por que? De que maneira? Com que ajuda?

 

 

 

Problema Ético Associado

 

 

Referencial Ética

Princípios (Beneficência, Respeito às Pessoas, Justiça)

Direitos Humanos (individuais, coletivos, transpessoais)

Virtudes

Alteridade

Referencial Legal

Legislação

Jurisprudência

Costume

Ato Negocial

Referencial Moral

Recomendação

Obrigação

Permissão

Proibição

Desencorajamento

 

Casos Relacionáveis

 

 

 

Vínculos

Desejos

 

 

 

Tradições e Crenças

Interesses

 

 

 

Alternativas

 

 

Conseqüências

 

 

 

Justificativa Ética para a Decisão

 

 

Página de Abertura - Bioética

©Goldim2010