Caso
Cirurgia em Animal de Estimação


José Roberto Goldim


Uma cadela, que está grávida, demonstra estar com fortes dores e desconfortos. Conduzem o seu animal de estimação a uma clínica veterinária. O médico veterinário realiza um exame no animal e constata uma torção de útero. A solução do problema é cirúrgica e implica na interrupção da gestação em curso.

A família não autoriza a realização da cirurgia pois isto configuraria o aborto dos animais que estão sendo gestados. O sistema de crenças religiosas da família impede que autorizem este procedimento. O médico veterinário insiste na necessidade da realização do procedimento e informa que caso não seja realizado poderá ocorrer a morte da cadela e de seus filhotes.

A família retira o animal da clínica e o leva para casa, reiterando a sua crença religiosa que os impede de dar a autorização para a cirurgia.



Página de Abertura - Bioética

Texto inserido em 22/08/2010
©Goldim/2010