App libera de graça as primeiras HQs brasileiras, incluindo algumas criadas no século 19

Compartilhe

A literatura brasileira é riquíssima e nós podemos inserir as histórias em quadrinhos neste cenário. Muito mais antigo do que poderíamos imaginar, este mercado começou no final do século 19, com Nhô-Quim, considerada a primeira história em quadrinhos brasileira. A boa notícia é que, a partir de agora esta e diversas outras HQs estarão disponíveis em um aplicativo, totalmente de graça.

Atualmente temos diversos artistas responsáveis por HQs incríveis, que fazem sucesso no Brasil, mas no exterior também. Com o objetivo de não deixar este importante período da cultura brasileira morrer, que o aplicativo Social Comics fez uma parceria com o Senado Federal, disponibilizando na íntegra uma versão digital das primeiras histórias em quadrinhos brasileiras.

Em 1906, nasce no Brasil o primeiro super herói – Juquinha, criado pelo artista J.Carlos. O clássico ‘O Guarani’, de José de Alencar, foi lançado em 1937 e também está disponível no aplicativo. Estas e muitas outras referências são importantes de serem divulgadas, para que honremos o que é nosso. Infelizmente, temos o hábito de valorizar o que vem de fora, mas nosso primeiro super herói surgiu muito tempo antes do que, por exemplo, o Superman.

O aplicativo trata-se de um serviço de streaming de quadrinhos com mais de 5 mil obras em seu acervo e permite que o leitor crie contas gratuitas ou por assinatura. As primeiras HQs brasileiras estão disponíveis para todos os tipos de conta, mas outros conteúdos podem ser conferidos a partir de R$14,90 ao mês.

Fonte: Texto de Gabriela Glette para Hypeness

 

17 de janeiro de 2019

Publicado por Priscila Jacobsen