Biblioteca virtual sobre segurança pública e direitos humanos é lançada no Rio de Janeiro

Compartilhe
A Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República (SEDH) e o Viva Rio lançam amanhã (09.08), no Rio de Janeiro, o Portal e a Biblioteca Virtual “Comunidade Segura” (www.comunidadesegura.org). O lançamento contará com a participação da diretora nacional do Programa de Apoio a Ouvidorias de Polícia e Policiamento Comunitário da SEDH/PR, Ana Paula Souto Maior, e do diretor executivo do Viva Rio, Rubem César Fernandes, entre outros convidados e parceiros do projeto. O evento está marcado para às 10h, na sede do Viva Rio – Rua Russel, 76, bairro Glória.
Às 11h30, o ministro dos direitos humanos, Paulo Vannuchi, participará do chat do novo portal, para conversar com os internautas que estiverem conectados. O portal é um ambiente interativo com conteúdo vasto e interativo sobre temas como segurança pública, controle de armas, juventude em violência armada e assuntos correlatos, como mediação de conflitos e cultura de paz e questões transversais de gênero e saúde. A Biblioteca Virtual sobre Segurança Pública e Direitos Humanos é uma nova fonte para pesquisas refinadas, com publicações dos principais centros de pesquisa do Brasil. Com reportagens, artigos, entrevistas e amplo espaço para debates, o portal Comunidade Segura interessará tanto ao público leigo quanto à pesquisadores e profissionais da área de segurança. Com versões em três idiomas (português, espanhol e inglês) e cobertura internacional, o portal tem diversas ferramentas para a troca de idéias e experiências, como fóruns de discussão e comunidades virtuais abertas e fechadas, além de agenda de eventos, newsletters e galeria de imagens. O portal Comunidade Segura foi desenvolvido em software livre (Drupal) pela empresa carioca Ability e é hospedado pela Rits (Rede de Informações para o Terceiro Setor).
Biblioteca Desenvolvida em parceria com a União Européia e a Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH), a biblioteca virtual sobre segurança pública e direitos humanos traz conteúdo técnico e acadêmico catalogado por autor, instituição, tema, tipo de conteúdo, ano, palavra chave, região, entre outros campos, o que permite pesquisas refinadas. As referências bibliográficas trazem links para documentos disponíveis para download no próprio site ou em outros sites, e também indicam publicações impressas. Caravana Comunidade SeguraHoje, representantes da Rede Desarma Brasil (Viva Rio, Sou da Paz e Amigos da Paz) se reuniram com o ministro Paulo Vannuchi para apresentar o projeto “Caravana Comunidade Segura – Desarmamento e Melhoria da Polícia”. Organizada por uma rede de ongs e instituições religiosas, a caravana tem como objetivo promover a qualificação dos debates e incentivar o engajamento de igrejas, redes religiosas, ongs e movimentos sociais na temática da segurança pública no País. Na proposta da Caravana também está a descoberta de experiências positivas nos estados que conciliam prevenção, repressão ao crime, proteção ao indivíduo, policiamento comunitário e respeito aos direitos humanos. A Caravana irá percorrer 15 estados brasileiros, com permanência de dois dias em cada cidade. A programação prevê uma oficina sobre estratégias de implementação do Estatuto do Desarmamento e outra sobre segurança pública e policia. Todo o material utilizado na Caravana, assim como o registro das oficinas, está disponível no novo portal.
Fonte: Secretaria Especial dos Direitos HumanosTelefone: (0XX61) 3429.3142 / 3454 – (0XX61) 3223.2260e-mail: direitoshumanos@sedh.gov.br
9 de agosto de 2006

Publicado por Gabriela Marchioro