Nanoexposição: “Tempo livre:lazer, esporte e recreação”

Compartilhe

A BC tem uma nova nanoexposição de obras da Coleção Eichenberg.
Desta vez a mostra apresenta um conjunto de obras com imagens que remetem ao tema “tempo livre”.
Assim como o trabalho e o estudo, a busca pelo prazer também representa uma dimensão do ser humano. Aproveitar o tempo livre, viver momentos lúdicos, também pode ser um espaço de realização e criatividade.

Como ensinou Freud, que considerou o brincar como uma atividade fundamental na estruturação de todo sujeito, sua entrada para o simbólico e o mundo da linguagem. A criança aprende brincando. O lazer, o esporte, os jogos, são atividades que representam esse brincar de todos nós ao longo da vida.

“Com trabalho, estudo e diversão, construiremos nossa identidade, não mais pelo que temos, mas através do que sabemos”. (Domenico de Masi)

Planejamento e organização: Departamento de Obras Raras /Biblioteca Central
Apoio: LACOR-Laboratório de conservação e restauração
Arte do cartaz: Júlia Carvalho

Saiba mais:
FREUD, S. Além do princípio do prazer. Porto Alegre : LPM, 2018.
Lafargue, Paul. O direito à preguiça. São Paulo : Claridade, 2003.
MASI, Domenico. O ócio criativo. Rio de Janeiro : Sextante, 2000.
Nas redes:
Karnal, Leandro. O que é o ócio criativo 

18 de dezembro de 2018

Publicado por Priscila Jacobsen