Sotheby’s leiloa livro por mais de 7 milhões de libras em Londres

Compartilhe

Existem apenas 11 cópias de ‘Birds of America’ em mãos privadas.
Valor foi o maior já pago por um livro impresso.

Da EFE

Em um leilão em Londres na noite de terça-feira (7), a primeira edição de “Birds of America” (“Aves da América”), de John James Audubon, alcançou o valor de mais de 7 milhões de libras, o maior já pago por um livro impresso.

O comprador do livro na Sotheby’s foi um marchand londrino, que ofereceu o valor recorde pelos quatro volumes da primeira edição de “Birds of America”, da qual existem apenas 11 cópias em mãos privadas, enquanto os 108 exemplares restantes pertencem a museus, bibliotecas e universidades.

Página do livro 'Birds of America', que foi leiloado por mais de 7 milhões de libras
Página do livro ‘Birds of America’, que foi leiloado por mais de 7 milhões de libras (Foto: Reuters)

Audubon (1785-1851) é um dos personagens mais importantes da história natural, com trabalho que inspiraria diversas gerações de ornitólogos. O próprio Charles Darwin, pai da teoria da evolução das espécies, cita o autor três vezes em “A origem das espécies”.

O livro pertencia à coleção do segundo lorde Hesketh, um famoso bibliófilo que o adquiriu em julho de 1951 na Christie’s por apenas 7 mil libras.

O comprador do livro na Sotheby's foi um marchand londrino; há apenas 11 exemplares de 'Birds of America' em mãos particularesO comprador do livro na Sotheby’s foi um marchand londrino; há apenas 11 exemplares de ‘Birds of America’ em mãos particulares (Foto: Reuters)

No leilão, também foi arrematado por mais de 2 milhões de libras um “primeiro fólio” (primeira edição) das obras de William Shakespeare, publicado em 1623.
Fonte: G1
Data do acesso: 09/12/2010

Para quem estiver interessado o Sistema de Bibliotecas da UFRGS possui exemplares de edições mais recentes da obra.
qtl { position: absolute; border: 1px solid #cccccc; -moz-border-radius: 5px; opacity: 0.2; line-height: 100%; z-index: 999; direction: ltr; } qtl:hover,qtl.open { opacity: 1; } qtl,qtlbar { height: 22px; } qtlbar { display: block; width: 100%; background-color: #cccccc; cursor: move; } qtlbar img { border: 0; padding: 3px; height: 16px; width: 16px; cursor: pointer; } qtlbar img:hover { background-color: #aaaaff; } qtl>iframe { border: 0; height: 0; width: 0; } qtl.open { height: auto; } qtl.open>iframe { height: 200px; width: 300px; }

9 de dezembro de 2010

Publicado por Gabriela Marchioro