Mês: novembro 2008 (Página 1 de 9)

Reunião para discussão da Pauta do CONERED Nova Lima/MG.

A gestão eleita do CAAR, em conjunto com a atual gestão, convidam para reunião a ser realizada na quarta-feira, 26.11, na sede do CAAR às 18hs30min em que se discutirá a pauta do CONERED que acontecerá em Nova Lima/MG, tendo em vista que o CAAR enviará um representante a esta reunião que acontecerá nos dias 28, 29 e 30 de novembro.

A pauta do encontro em Nova Lima/MG é a seguinte:

1. Informes e relatos das entidades;
2. Programações e painéis do ENED 2009;
3. Debate sobre Educação Jurídica e Universidade com a participação de professor convidado;
4. Indicações à composição da Comissão Especial de Assuntos Estudantis da OAB;
5. Apresentação da Cartilha de Ensino Jurídico da FENED;
6. Apresentação do Projeto da “Caravana da FENED”;
7. Definição do local e data do próximo CONERED;
8. Assuntos Gerais.

Tendo em vista a urgência em ouvir a opinião dos estudantes, será dado direito a voz e a voto, neste ponto específico,  a todos alunos do Direito UFRGS que comparecerem nesta reunião excepcional de gestão.

Posse da Gestão 2009 do CAAR e do SAJU.

A nova Gestão do CAAR tomará posse em conjunto com a nova Coordenação do SAJU nesta quinta-feira, às 19h em frente à sede do CAAR.

Após a solenidade, heverá um pequeno coquetel comemorativo dentro da seded e, em seguida, a confraternização será transferida para um bar na cidade baixa.

Os eleitos convidam todos os estudantes para a solenidade, o pequeno coquetel e para a confraternização

Reunião da SAE sobre o Ingresso de Indígenas.

O Secretário de Assuntos Estudantis com o objetivo de cumprimento da Decisão 134/2007 do Conselho Universitário  e de aperfeiçoar e consolidar o ingresso indígena na Universidade tem o prazer de convidar para reunião com as Lideranças Indígenas: Guarani e Kaingang.
 
Reunião: dia 24/11/2008
Horário: 8h às 12h e das 14h às 18h
Local: sala 101/FACED –  Faculdade de Educação – Campus Central,
                       
                        Pauta:
· Escolha pelas comunidades indígenas dos cursos a serem demandados para o ingresso 2009/1
· Edital – 2009/1
· Outros assuntos.
 
Atenciosamente.
 
Edílson Amaral Nabarro
Secretário de Assuntos Estudantis

Enade será universal a partir de 2009.

A partir de 2009, o Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes) será universal e não mais amostral. Todos os alunos ingressantes e concluintes dos cursos de graduação que fazem parte das áreas avaliadas na edição, farão a prova. O Enade, componente curricular obrigatório dos cursos de graduação, é realizado em ciclos avaliativos com duração de três anos. Desta forma, as 23 áreas de conhecimento avaliadas em 2008, por exemplo, só serão novamente avaliadas em 2011.
 
A mudança metodológica foi anunciada pelo presidente do Inep/MEC, Reynaldo Fernandes. Segundo ele, a adequação está prevista na lei que instituiu o Enade, a lei do Sinaes (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior). “Esta lei faculta a utilização do procedimento estatístico amostral ou universal”, explicou.
 
Conforme Fernandes, a alteração atende aos pedidos das Instituições de Ensino Superior (IES), que solicitavam ampliação do número de alunos que prestam o exame, em razão do surgimento de novos indicadores educacionais calculados a partir das médias do Enade, como IGC (Índice Geral de Cursos de Graduação) e CPC (Conceito Preliminar de Curso). “O Enade sempre foi um exame seguro metodologicamente. Ao torná-lo universal, estamos atendendo aos pedidos das instituições e investindo na credibilidade do instrumento”, afirmou.
 
“Esta mudança, certamente, acabará com aquela reclamação de alunos que questionavam por que alguns de seus colegas eram selecionados para a prova e outros não”, afirmou o coordenador do Enade, Webster Spiguel Cassiano.
 
De acordo com o presidente do Inep, operacionalmente a mudança vai auxiliar o trabalho do instituto já que não será mais necessário montar amostras. Para garantir a segurança estatística, as amostras eram montadas com grande rigor, o que levava a um percentual bastante alto: entre 60% e 65% do total de estudantes ingressantes e concluintes dos cursos eram selecionados para o exame.
 
Com a universalização, o custo do exame aumentará em 30%, prevê o presidente do Inep. A edição 2008, última amostral, custou R$ 25 milhões. Se tivesse sido universal, teria custado R$ 34 milhões. Nessa edição foram avaliados 24.842 cursos de 2.367 instituições.
A prova é igual para ingressantes e concluintes do mesmo curso. São considerados ingressantes aqueles alunos que, até o dia 1º de agosto, concluíram entre 7% e 22% da carga horária total do curso. E, concluintes, os que, na mesma data, cumpriram pelo menos 80% da grade curricular ou estão em vias de concluir o curso.
 
Fonte: http://www.inep.gov.br/imprensa/noticias/edusuperior/enade/news08_20.htm

Adendo a Edital da CONED.

ADENDO AO EDITAL 01/2008 DE INDICAÇÃO DE MEMBROS PARA A COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO ESPECIAL DE ASSUNTOS ESTUDANTIS
 
A Coordenação Nacional de Estudantes de Direito (CONED) torna público o presente adendo ao Edital 01/2008 para indicação de membros para a Comissão Especial de Assuntos Estudantis (CEAE) do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), nos termos aqui estabelecidos.
 
CONTEXTUALIZAÇÃO
Diante dos requisitos colocados pela OAB Federal para a composição da Comissão Especial de Assuntos Estudantis (CEAE), mediante indicações da FENED, a Coordenação Nacional de Estudantes de Direito se dispôs a negociar quanto à exigência de se indicar membros devidamente inscritos na OAB. Isto porque, a FENED reconhece que tanto os estudantes inscritos como os não inscritos possuem demandas a serem abordadas em uma comissão pautada em assuntos estudantis.
 
Após a negociação, houve uma reforma no requisito para que, entre os indicados, o mínimo de 50% de inscritos na OAB seja respeitado. Assim os demais indicados poderão ser apresentados sem esta referida associação.
 
De modo a tornar democrático e transparente o novo requisito, a CONED apresenta, neste adendo, as novas disposições.
 
1.      O item I.2 do Edital 01/2008 da FENED passa a ter a seguinte redação:
 
“A totalidade dos assentos da CEAE será distribuída igualmente em dois grupos de indicação, na seguinte forma:
 
I – Cinco estudantes indicados pela CONED, sendo dois deles devidamente inscritos na OAB e observadas as disposições deste Edital.
 
II – Cinco estudantes indicados pelo CONERED, sendo três deles devidamente inscritos na OAB e observadas as disposições deste Edital”.
 
2.      O item II.3 do Edital 01/2008 da FENED passa a ter a seguinte redação:
 
“Os candidatos às vagas reservadas a inscritos deverão apresentar no CONERED a Carteira de Estagiário da OAB e a declaração de regularidade emitida pela Seccional a que estiver vinculado”.
 
3.      O item III.15 do Edital 01/2008 da FENED passa a ter a seguinte redação:
 
“Os cinco candidatos mais votados, serão indicados pelo CONERED para compor a CEAE, respeitado o requisito de três indicações de membros inscritos na OAB e demais disposições deste Edital”.
 
Brasília, 10 de novembro de 2008.
COORDENAÇÃO NACIONAL DE ESTUDANTES DE DIREITO

Página 1 de 9

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén