Mês: abril 2014 (Página 1 de 2)

EGED XXIV

O CAAR convida os/as estudantes para o vigésimo quarto EGED – Encontro Gaúcho dos Estudantes de Direito, que irá ocorrer do dia 1° ao dia 4 de Maio, em Rio Grande.

O Encontro é uma oportunidade de interação com alunos de outras Universidades do nosso estado e discussão de temas atuais, tais como megaeventos, remoções, manifestações e estados de exceção, sob uma perspectiva social e crítica do Direito.

Confere a programação completa e demais informações em http://eged2014.wordpress.com/. Os alunos que participarem em 75% das atividades obrigatórias recebem certificado de 40h de atividades de extensão.

Os valores consistem em:

R$ 25,00 – Pacote que inclui somente Palestras.

R$ 45,00 – Pacote que inclui Palestras, Alojamento e Alimentação.

R$ 75,00 – Pacote que inclui Palestras, Alojamento, Alimentação e Festas.

As inscrições deverão ser efetuadas pelo site http://eged2014.wordpress.com/alunos-2/ até o dia 29/04.

Interessados contatar o CAAR, pois estamos procurando possíveis meios de transporte gratuito de ida e volta.

VAMOS LÁ!

Reunião Extraordinária 25/04, às 11h, na sede do CAAR!

O CAAR convida para a próxima reunião extraordinária!

A reunião ocorrerá na sede do CAAR, na próxima sexta-feira (25/04), às 11h.

Pauta Única:

1 – Próximos passos quanto ao concurso do Dir01.

Contamos com a sua presença!

Judith Martins-Costa e Miguel Reale Jr. manifestam-se acerca dos acontecimentos relacionados ao Concurso Público para o cargo de Professor Adjunto de Direito Penal e Criminologia da UFRGS

Declaração dos estimados professores Judith Martins-Costa e Miguel Reale Jr. acerca do ocorrido no Concurso Público para o cargo de Professor Adjunto de Direito Penal e Criminologia da UFRGS.

Enquanto isso, o silêncio do corpo docente da Faculdade de Direito ensurdece…

“Prezados dirigentes do CAAR, caros alunos da Faculdade de Direito da UFRGS,

Estamos acompanhando os preocupantes seguimentos ao concurso de ingresso para professor de Direito Penal e Criminologia da Faculdade de Direito da UFRGS. Tivemos conhecimento de ter sido o concurso homologado apesar da declaração dos eminentes Professores Mariangela Magalhães Gomes (USP) e Fernando Galvão (UFMG). Manifestamos nossa surpresa e contrariedade – e, porque não dizer, indignação – em face da homologação do concurso, malgrado o teor grave do relato contido na mencionada declaração, firmada por dois Professores reconhecidos por sua prudência e seriedade, e que concluem pela necessidade da realização de um novo concurso diante dos constrangimentos que sofreram, constrangimentos esses que revestiram aquele certame e o maculam de manifesta nulidade. De fato, o relato demonstra violação clara do princípio constitucional da impessoalidade.

Reconhecemos a importância da luta do CAAR em prol da decência. Estamos solidários, e na expectativa de que se restabeleça a moralidade administrativa, em benefício do bom conceito da UFRGS.

Cordialmente,

Judith Martins-Costa, ex Professora e ex aluna da UFRGS, Doutora (1997) e Livre Docente (2003) em Direito pela Universidade de São Paulo. Professora colaboradora do Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Vice-presidente do Instituto de Estudos Culturalistas (IEC) e Presidente do Comitê Brasileiro da Association Internationale des Sciences Juridiques. Parecerista e Árbitra em litígios civis e comerciais no Brasil e no Exterior. Membro do Corpo de Árbitros dos Centros de Arbitragem da CCBC, CIESP e CAMARB. Advogada.

Miguel Reale Júnior. Professor Titular da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Chefe do Departamento de Direito Penal da mesma Faculdade. Ex Ministro da Justiça. Advogado. Presidente do Instituto de Estudos Culturalistas. IEC.”

Observação: declaração proferida via e-mail pelos docentes ao CAAR, com fins de divulgação, em 14 de abril de 2014.

Página 1 de 2

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén