Arquivos da categoria: África

Ex-primeiro-ministro é declarado presidente da Argélia

Via: Aljazeera

Milhares de manifestantes se reuniram nas ruas da capital da Argélia depois que o ex-primeiro-ministro Abdelmadjid Tebboune foi declarado vencedor das eleições presidenciais na Argélia. Tebboune – que também atuou como ministro da Habitação sob Abdelaziz Bouteflika – ex-presidente forçado a renunciar em abril após protestos em massa – conquistou 58,15% dos votos de quinta-feira, segundo resultados preliminares anunciados na sexta-feira. O rival mais próximo do jogador de 74 anos, Abdelkader Bengrina, ficou em segundo lugar com 17,38%. O ex-primeiro-ministro Ali Benflis ficou em terceiro, com 10,55%, enquanto o ex-ministro da Cultura Azzedine Mihoubi ficou em quarto lugar, com 7,26%. Abdelaziz Belaid, chefe do partido el Moustakbal, obteve 6,66%.

Leia mais aqui

Estados Unidos e Sudão concordam em melhorar laços diplomáticos

Via: Aljazeera

Os Estados Unidos e o Sudão planejam começar a trocar embaixadores novamente após um intervalo de 23 anos, disse o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, em comunicado divulgado nesta quarta-feira, no mais recente sinal de aquecimento das relações entre os dois países. As relações entre Washington e Cartum melhoraram desde a derrubada em abril do então presidente Omar al-Bashir e a formação de um governo civil de transição em agosto.O anúncio de que os dois países iniciariam novamente o processo de troca de embaixadores ocorreu durante a primeira visita do primeiro-ministro sudanês Abdalla Hamdok a Washington na quarta-feira.

Leia mais aqui

Egito, Etiópia e Sudão retomam negociações sobre disputa na represa do Nilo

Via: Aljazeera

Os ministros de irrigação do Egito, Etiópia e Sudão se reuniram no Cairo para uma nova rodada de negociações com o objetivo de resolver uma disputa sobre uma barragem multibilionária que está sendo construída pelo governo etíope. A reunião de dois dias, que teve início na segunda-feira na capital egípcia, ocorre quase um mês depois que os três lados concordaram em trabalhar para resolver o problema em uma reunião intermediada pelos EUA em Washington, DC. Addis Abeba afirma que o projeto, apelidado de Grande Renascença Etíope da Renascença (DRGE), é crucial para o seu desenvolvimento econômico e, no seu auge, gerará mais de 6.000 megawatts de eletricidade.

Leia mais aqui