Arquivos da categoria: Diplomacia

Etiópia elogia progresso nos laços com a China

Via: CGTN Africa

O governo etíope saudou a abrangente parceria estratégica de cooperação Etiópia-China, quando os dois países iniciam uma série de atividades para marcar o 50º aniversário desde o estabelecimento de relações diplomáticas. “As relações diplomáticas entre a Etiópia e a China vêm crescendo desde que os dois países estabeleceram laços diplomáticos oficiais na década de 1970”, disse o Ministério das Relações Exteriores da Etiópia em comunicado divulgado no fim de semana.Ele acrescentou que os laços Etiópia-China se fortaleceram ao longo dos anos em vários setores, principalmente após a decisão entre os governos dos dois países de elevar os laços bilaterais para uma ampla parceria estratégica de cooperação em 2017.

Leia mais aqui

Estados Unidos e Sudão concordam em melhorar laços diplomáticos

Via: Aljazeera

Os Estados Unidos e o Sudão planejam começar a trocar embaixadores novamente após um intervalo de 23 anos, disse o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, em comunicado divulgado nesta quarta-feira, no mais recente sinal de aquecimento das relações entre os dois países. As relações entre Washington e Cartum melhoraram desde a derrubada em abril do então presidente Omar al-Bashir e a formação de um governo civil de transição em agosto.O anúncio de que os dois países iniciariam novamente o processo de troca de embaixadores ocorreu durante a primeira visita do primeiro-ministro sudanês Abdalla Hamdok a Washington na quarta-feira.

Leia mais aqui

República do Benin expulsa enviado da UE por interferir na política doméstica

Via: The African Exponent

A República do Benin ordenou que o embaixador da União Europeia no país fosse embora imediatamente. Em um comunicado divulgado ontem pelo gabinete da presidência, o embaixador Oliver Nette, o enviado da União Européia ao país foi acusado de interferir nos assuntos internos. O escritório do presidente Patrice Guillaume Athanase Talon, no entanto, deixou claro que o país da África Ocidental não tinha nada contra a União Europeia e que um novo enviado poderia ser designado para o país. A declaração descreveu o embaixador Oliver Nette como “prejudicial” e uma ameaça à segurança nacional resultante de sua contínua política e assuntos locais que o governo considera perturbadores. Não é a primeira vez que um país africano expulsa um diplomata estrangeiro devido a interferências nos assuntos internos. Ruanda, Burundi, República Democrática do Congo e Somália expulsaram embaixadores dos países nos últimos tempos.

Leia mais aqui