Arquivos da categoria: União Africana

África do Sul assume a presidência da União Africana (UA)

Via: Aljazeera

A União Africana (UA) encerrou sua cúpula anual com os líderes africanos prometendo que o bloco de 55 membros desempenhará um papel maior na resolução de conflitos prolongados e trabalhará para desbloquear o potencial econômico do continente. Combater em questões como igualdade de gênero, mudança climática e impulsionar o comércio através da criação de uma nova área de livre comércio continental também estão no topo da agenda da UA para 2020. Mantendo o tema da cúpula de Silenciar as Armas, o presidente sul-africano Cyril Ramaphosa falou de uma África “próspera e em paz consigo mesma”, quando assumiu a presidência da UA de seu colega egípcio, Abdel Fattah el-Sisi.

Leia mais aqui

Países africanos avançam na construção de “muralha verde” ao longo do Saara

Via: The African Exponent

Iniciativa da União Africana, o projeto lançado em 2007 já está 15% completo. Seu principal objetivo é combater a desertificação na região do Sahel-Saara, que vem aumentando exponencialmente nos últimos anos devido aos efeitos das mudanças climáticas. O projeto que pretende construir uma barreira de árvores se alonga do Senegal na África Ocidental até a Etiópia na África Oriental, cobrindo uma distância de aproximadamente 8000 quilômetros. Até agora, o projeto já teve o investimento de 21 países, que juntos investiram mais de 4 bilhões de dólares.

Leia mais aqui

União Africana anuncia suspensão do Sudão após violência contra civis

Via: Al Jazeera

A União Africana anunciou na quinta-feira, 6 de junho, a suspensão do Sudão das atividades do bloco, alegando violação da ordem constitucional no país. De acordo com a organização, o Sudão está suspenso enquanto não ocorrer a formação de um governo civil. O anúncio veio em razão da resposta violenta do governo contra manifestantes na capital Cartum, que deixou dezenas de mortos. Os manifestantes protestavam pela criação de um governo civil após o Conselho de Transição Militar assumir o poder no país. O Sudão está sob um regime militar desde abril, quando o antigo presidente Omar-al-Bashir foi destituído do cargo.

Leia mais aqui