Abril, 2019

15abrallday16junExposição Os ODS na Virada - Agenda 2030 da ONUCentro Cultural da UFRGS

Mais

Informações

De 15 de abril a 15 de junho de 2019, a fachada do Centro Cultural da UFRGS tem uma novidade para os seus visitantes. Em parceria com a Virada Sustentável de Porto Alegre, o Centro Cultural traz a exposição Os ODS na Virada. Ao todo, 13 artistas visuais foram selecionados para participar da Virada 2019. O resultado das intervenções está exposto em frente ao Centro Cultural, e tem como temática a Agenda 2030 da ONU. São os chamados Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Os temas abordados nestes trabalhos são Igualdade de gênero (ODS 5), Redução das Desigualdades (ODS 10), Consumo e Produção Responsáveis (ODS 12) e Ação Contra Mudança Global do Clima (ODS 13). O horário de visitação é das 7h às 22h de segunda a sexta e das 8h às 20h de sábado.

Sobre a exposição Os ODS na Virada

Entre os selecionados está o pernambucano Eládio Ferreira, que tem como principais referências as obras de Vik Muniz e Joan Fontcuberta. O artista é engajado em causas ambientais e integrante do Projeto Route, que realiza ações ambientais no Brasil, nos EUA e em Portugal. Sua obra fará uma reflexão sobre consumo responsável e gestão de resíduos. Também foi selecionada a dupla de artistas Beto Rodrigues (fotógrafo) e Susie Prunes (fotógrafa e ceramista), com o projeto Pérola mãe. A obra mistura imagens e manejo de objetos pelo público, representando o respeito mútuo independente das crenças e a diversidade religiosa, alimentando o sentimento de fé e tolerância.

Manual do Condutor de Carrinho de Papeleiro é outra das propostas selecionadas, uma intervenção coletiva do artista Cristiano Sant’Anna, juntamente com os papeleiros Antônio e Jacson Carboneiro (pai e filho). Cristiano é fotógrafo e mestrando em poéticas visuais pela UFRGS. Jacson e Antônio trabalham com coleta e reciclagem na Vila dos Papeleiros, em Porto Alegre. Há um ano e meio, os três têm desenvolvido uma rotina de troca de experiências e saberes, em que se adotou a dinâmica da inversão dos papéis. O artista assumiu a função de “carrinheiro” – aquele que conduz o carrinho e faz a coleta nas ruas –, enquanto Jacson, com a câmera na mão, documenta a experiência e recebe aulas de fotografia. A obra vai abordar a redução das desigualdades e o consumo e produção responsáveis.

A publicitária e estudante de artes visuais Betina Nilsson foi selecionada com o projeto Minha Ciranda, que reflete sobre o feminismo e a sororidade feminina.

O Coletivo Criarte – formado por seis jovens artistas engajados em ações de arte urbana –propôs um trabalho sobre o ODS 13 – Ação Contra a Mudança Global do Clima. Redução do desmatamento, energias renováveis, gestão de resíduos, mobilidade sustentável e o Acordo de Paris são os temas que serão trabalhados pelo grupo, utilizando a técnica da pintura. O Criarte é composto por Ana Sacarceli, artesã e artista urbana desde 2012; Bruno Lade, artista visual e tatuador; Bruno Mendes, estudante de gestão ambiental e fotógrafo; Giuliano Lenuzza, também tatuador e artista urbano; Leandro Alves, artista plástico autodidata e artesão experimentado em intervenções urbanas e Venise Borges, jornalista que trabalha com artes gráficas, visuais e também realiza trabalhos em serigrafia artesanal.

Data

Abril 15 (Segunda) - Junho 16 (Domingo)

Localização

Centro Cultural da UFRGS

Rua Eng. Luiz Englert, 333, Porto Alegre-RS

Organizador

DDC-UFRGS e Virada Sustentável 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X