Nutricionista desenvolve estratégia alimentar para crianças com autismo

Saúde | Ferramenta criada em pesquisa da Faculdade de Medicina auxilia na promoção de uma alimentação balanceada

Uma pesquisa da UFRGS criou uma ferramenta de educação nutricional para auxiliar as famílias de crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA) a promover uma alimentação balanceada para seus filhos. Isso porque é comum que pessoas do espectro autista apresentem uma seletividade alimentar que pode aumentar o risco de deficiências nutricionais.

Com o objetivo de criar uma estratégia nutricional e comportamental para crianças com autismo, a nutricionista Carolina Abella Marques desenvolveu uma pesquisa com cerca de 100 famílias. Após, a pesquisadora criou um instrumento de educação nutricional para crianças com TEA, que consiste em quadro de atividades, cartas, boneco de quebra cabeças, manual de instruções e vídeos direcionados à família.

Nesta entrevista, Carolina Marques fala dos objetivos da pesquisa, da necessidade de uma estratégia específica para crianças com autismo e como funciona a ferramenta criada. O estudo foi desenvolvido junto ao Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e do Adolescente da Faculdade de Medicina.

Ouça no Ciência 1080, quadro do Jornal da UFRGS que aborda as pesquisas realizadas na Universidades e suas contribuições para a sociedade. O programa é produzido pelo Departamento de Jornalismo da Rádio da Universidade, em parceria com o UFRGS Ciência. Esta e outras edições do Jornal da UFRGS podcast estão disponíveis no Blog da Redação, no Lúmina Podcasts e nas principais plataformas de áudio.