Pesquisa alia produtividade e sustentabilidade na agropecuária

O professor da Faculdade de Agronomia Paulo Carvalho fala sobre a Aliança Sipa, iniciativa que busca disseminar o uso dos Sistemas Integrados de Produção Agrícola (Sipa). Esses sistemas têm como característica principal combinar bons níveis de produtividade com baixo impacto ambiental.

Para atingir esses resultados, os Sipa substituem a monocultura (produção de apenas um produto agrícola em determinada área de cultivo) pela rotação de culturas, ou seja, alternância de produção de diferentes produtos, inclusive criação de gado, em um mesmo local. A inclusão do gado no sistema proporciona uma produção mais segura em relação a perdas devido a variações climáticas e de mercado, podendo gerar ganho de até 60% em relação ao sistema tradicional. Os Sipa também incluem conservação do o solo e o uso de culturas que reduzem a perda de nutrientes do solo e que emitem menor quantidade de gases de efeito estufa, entre outros benefícios ao meio ambiente.

O desafio da Aliança Sipa é dar seguimento às pesquisas na temática e, ao mesmo tempo, levar conhecimento e utilização do sistema para fora da universidade. Saiba mais detalhes da pesquisa na entrevista a seguir.