Presença de mulheres violonistas na universidade é tema de pesquisa

*Foto: Michael Curi

O Ciência 1080 desta semana entrevista a violonista Thaís Nascimento Oliveira, que desenvolveu o estudo “Reflexões sobre música e gênero na universidade a partir de levantamento e análise musical feminista de obras de mulheres compositoras para violão”. A dissertação foi defendida junto ao Programa de Pós-Graduação em Música do Instituto de Artes da UFRGS.

Na entrevista, Thaís comenta sobre a desigualdade de gênero ainda presente no repertório para violão interpretado na universidade. Também conta do fato que a despertou para o tema da desigualdade de gênero: o feminicídio da também violonista Mayara Amaral, uma das pioneiras das pesquisas sobre mulheres compositoras de peças para violão.

Ouça no Ciência 1080, espaço do Jornal da UFRGS que aborda as pesquisas realizadas na Universidades e suas contribuições para a sociedade. O programa é produzido pelo Departamento de Jornalismo da Rádio da Universidade, em parceria com o Jornal da Universidade. Edição e entrevista de Mariane Quadros.