A colação de grau em Gabinete é uma opção para aqueles alunos que, por razões pessoais, não podem ou não querem se formar no palco do Salão de Atos. Trata-se de uma cerimônia simplificada, em que não se usa beca nem há discursos, homenageados ou paraninfos.

Ao solicitar colação de grau, por meio do Portal do Aluno, no período estabelecido em Calendário Acadêmico, o provável formando deverá optar entre a modalidade Gabinete ou Salão de Atos. Para mais informações sobre solicitação de colação de grau, acesse Solicitação de Colação de Grau na Tua UFRGS

IMPORTANTE!

  • O agendamento da data/horário da colação de grau em Gabinete deve ser feito junto à gerência administrativa da Unidade Acadêmica.
  • O diploma não é entregue no dia da cerimônia em Gabinete. Ele será expedido no prazo de até sessenta dias a contar da data da colação de grau, podendo este prazo ser prorrogado uma vez, por igual período, mediante justificativa (arts. 18 e 20 da Portaria MEC n° 1.095/2018).

Antecipação de Colação de Grau

A antecipação de colação de grau caracteriza-se por ser realizada antes do término do semestre letivo vigente e somente é autorizada nos casos de urgência devidamente justificada. Neste caso, a cerimônia de colação de grau também é feita em Gabinete. Veja aqui as regras e orientações para solicitação de antecipação.

Participação de graduados em Gabinete no palco do Salão de Atos

É possível se formar em Gabinete e também participar da solenidade no Salão de Atos dentro do mesmo semestre letivo, conforme previsto no item 5.1 do anexo da Decisão 405/2011 do CONSUN. Porém, o graduado deve estar ciente de que não colará grau novamente.

A participação seguirá as seguintes regras:

  • O graduado em Gabinete usará o capelo (chapéu) na cabeça e o canudo durante toda a solenidade, pois são indicativos da colação de grau já efetuada.
  • Depois que todos os formandos tiverem colado grau, o graduado em Gabinete será chamado apenas para receber os cumprimentos da mesa (com direito a música individual); ele não terá o capelo colocado pelo diretor nem receberá o canudo do paraninfo.
  • O graduado em Gabinete deverá estar no final da lista de chamada, não fazendo parte, portanto, da ordem de chamada definida pelos formandos (nem por afinidade, nem alfabética).
  • O graduado em Gabinete não poderá ser juramentista, mas poderá ser orador, caso a turma assim decida.