Extensão

A COMEX está vinculada a Pró- Reitoria de Extensão desta Universidade e segue as normas da Resolução n. 17/2015 do CEPE.

As ações de extensão do Colégio de Aplicação têm se voltado para: a) formação
continuada de professores; b) divulgação de projetos desenvolvidos nesta unidade; c)
produção de materiais didáticos; d) oferecimento de atividades diferenciadas e
diversificadas para a comunidade em geral; e) intercâmbios; f) uso de tecnologias
digitais na educação; g) divulgação das produções dos alunos junto à comunidade; h)
abordagens de temas relacionados à diversidade étnica, de gênero, linguística e cultural.
As ações atendem um público diversificado, composto por graduandos, docentes,
estudantes da educação básica e comunidade em geral.

Compete à Comissão de Extensão, além do previsto no Estatuto e Regimento Geral da
Universidade:
I – Organizar o Calendário de Atividades de Extensão, contemplando todas as
atividades previstas pelos Departamentos do CAp-UFRGS;
II – Prestar consultoria e emitir pareceres sobre planos, projetos e programas de
extensão.
III– Emitir pareceres sobre convênios que envolvam as atividades de extensão a serem
firmados pela Unidade, para posterior apreciação do Conselho da Unidade.

Contato e-mail: comex-cap@ufrgs.br

Equipe

  • Coordenação: Prof. Ivan Livindo de Senna Corrêa – Departamento de Expressão e Movimento
  • Profª Mayara Costa da Silva – Departamento de Ciências Exatas e da Natureza
  • Prof. Nilo André Piana de Castro – Departamento de Humanidades
  • Profª. Clarissa Gregory Brunet – Departamento de Comunicação

Orientações para elaboração de relatórios e propostas de extensão:

(aprovadas no Consuni de 12 de dezembro de 2019)

Com o objetivo de auxiliar os extensionistas, a COMEX apresenta as seguintes
orientações para a elaboração de propostas e relatórios:

1- as propostas de projetos/programas devem ser enviadas com prazo de 30 dias antes
do início das atividades;
2- para vincular programas/projetos entre si, o extensionista deve fazer parte da equipe
coordenadora dos mesmos;
3- quando atividades de extensão ocorrerem em concomitância com atividades de
ensino, o professor só poderá contabilizar para si a carga horária de ensino;
4- os bolsistas da PROREX já têm sua própria carga horária contabilizada no programa,
não é possível, então, durante a vigência de sua bolsa, contabilizar carga horária
executada na extensão à qual está vinculado;
5- deve-se registrar no sistema a previsão do número de participantes do projeto;
6- a inserção de membros da equipe executora de programas/ações de extensão não
poderá ser feita por intermédio do vínculo de professor substituto, conforme orientação
da PROGESP;
7- caso haja parceria com instituições externas, orienta-se que se insira, na elaboração
do relatório, o termo de parceria (acordo de cooperação ou convênio), conforme Art. 18
da Resolução CEPE nº. 17/2015;
8- para a solicitação de bolsistas, faz-se necessária a indicação de uma carga horária
superior a 480h;
09- os estudantes que são vinculados aos programas/projetos de extensão por intermédio
das vagas obrigatórias para a graduação devem ser registrados como membros da equipe
executora em contato com o público alvo e devem-se elaborar critérios de avaliação
para os mesmos.