CURSOS


HISTÓRICO
Os cursos de Design da UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL,
foram criados oficialmente em 2005, através de Decisão do Conselho Universitário
n° 121/2005, de 10/06/2005 de 10/06/2005, e obteve seu Reconhecimento
pelo Ministério da Educação através da PORTARIA Nº 187/MEC, DE 1º  DE OUTUBRO DE 2012 – e a Renovação do reconhecimento pelo MEC através da PORTARIA No- 707/MEC,
DE 18 DE DEZEMBRO DE 2013.


CURSOS
Oferece dois Cursos: Design de Produto e Design Visual

O Curso de Design de Produto capacita profissionais para atuar no mobiliário, automotivo, eletro-eletrônico, ferramental, utensílios, calçados, jóias, cerâmico, entre outros.

O Curso de Design Visual capacita profissionais para atuar no desenvolvimento de projetos
de produtos de programação visual e sistemas visuais de comunicação: identidade visual, sinalização, pictogramas, editoração de publicações, embalagens, cartazes, folderes, produções multimídias; projeto de produtos ditos ‘efêmeros’: cenografias e ambientação de exposições, cenografias e instalações de eventos temporários, entre outros.

 

TITULAÇÃO
A titulação conferida é a de Bacharel em Design Visual
e Bacharel em Design de Produto

 

OBJETIVO
O projeto pedagógico do Curso de Design tem por objetivo a formação de um profissional generalista, apto a abordar as múltiplas situações do desenvolvimento de projetos para criação de produtos industrializados e de produtos gráficos e sistemas visuais de comunicação. A formação preconizada pela UFRGS para o profissional:

        • Pluridisciplinar, centrada no desenvolvimentos da criatividade.
        • visa favorecer a autonomia, a flexibilidade e a polivalência, condições necessárias ao exercício da prática de projeto, da maneira independente ou no seio de equipes multidisciplinares.
        • Prevê a formação de um profissional altamente capacitado, com condições de atuar interativamentenas ares de Design de Produto e de Design Visual.
        • Pressupõe um ensino desenvolvido e experienciado de forma inter e multidisciplinar.
        • Pressupõe um ensino que tenha como embasamento fundamental a sistemática da prática de projetos, suporte fundamental do “fazer” do Designer.
        • Prática esta que deve conjugar:
          • A inovação e a subjetividade do processo de criação
          • o domínio dos mecanismos de projeto
          • o domínio do conhecimento dos materiais e processos
          • e, além disso, estabelecer uma estreita relação com os setores produtivos, externos ao meio universitário.

 

DIFERENCIAL
Os cursos de Design de Produto e de Design Visual da UFRGS oferecem um diferencial em relação as outras instituições de Ensino Superior,  já que entre o percurso das duas habilitações existe uma interatividade perfeita através  do compartilhamento de 60% das disciplinas, o que possibilita:  cursar disciplinas eletivas de uma habilitação dentro do elenco das disciplinas obrigatórias do outro curso.
A duração de ambos os Cursos é de 5 anos: 10 semestres, funcionando predominantemente, nos períodos da tarde e noite, no prédio da Faculdade de Arquitetura da UFRGS

 

INGRESSO E VAGAS
O ingresso é feito via Concurso Vestibular UFRGS e SISU, quando o futuro aluno já opta pelo Curso que deseja realizar. Atualmente são oferecidas 40 vagas para cada Curso das quais metade destina-se ao ingresso no primeiro semestre e a outra metade para ingresso no segundo semestre.

 

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR
O Currículo dos Cursos de Design abrange uma sequência de disciplinas e atividades ordenadas por matrículas semestrais em uma seriação aconselhada. O currículo é composto de disciplinas de caráter obrigatório e eletivo, e deve ser cumprido integralmente pelo aluno a fim de que ele possa qualificar-se para a obtenção do diploma.

A estruturação curricular das duas habilitações do Curso de Design está organizada em torno de três eixos de conhecimentos, cuja dinâmica é caracterizada por práticas interativas e sínteses multidisciplinares entre as sequências de desenvolvimento de projetos em Design de Produto e em Design Visual:

  • eixo das tecnologias
  • eixo das linguagens e práticas de projetos
  • eixo das teorias e metodologias

Cada um destes eixos abrange sequências de disciplinas e atividades de caráter obrigatório e de caráter eletivo que atendem às exigências da formação específica, às características da instituição e às diferenças individuais dos alunos.
A organização curricular do Curso de Design divide-se, conceitualmente em:

  • um primeiro módulo, que abrange a I e a II Etapa do Curso e tem por objetivo o desenvolvimento da iniciação criativa, técnica e cultural através da estimulação das capacidades pessoais de reflexão e de criatividade; da sensibilização a toda a forma de expressão plástica; aos problemas fundamentais da percepção; a aquisição de conhecimentos sobre as técnicas gráficas de expressão e representação; ao conhecimento sobre as técnicas gráficas de expressão e representação; aos conhecimentos técnicos básicos para a preparação do discente ao exercício das práticas do “fazer do designer”.
  • um segundo módulo, que se desenvolve da III à VI Etapa do Curso e consiste, fundamentalmente, na familiarização com a ciência e a tecnologia dos materiais e processos de fabricação; com os softwares gráficos de expressão e representação; com as práticas projetuais que exercitam as possíveis alternativas de atuação do profissional em design, visando uma formação polivalente, artística, técnica e tecnológica, alternada com momentos de reflexão e de interação com profissionais atuantes no mercado, quando são enfatizadas a formação da personalidade, o exercício da autonomia e de uma postura crítica.
  • um terceiro módulo, que abrange da VII à IX Etapa do Curso e se destina ao aprofundamento dos conhecimentos específicos para o exercício de uma formação pluridisciplinar que levará o discente à síntese de conhecimentos e à análise crítica do produto elaborado, além de possibilitar o estabelecimento de relações privilegiadas com o meio profissional e os setores produtivos através da atividade de estágio curricular, da prática de projetos integrados entre as duas habilitações e da elaboração do TCC – Trabalho de Conclusão de Curso.