Quebra de Pré-Requisito

DEFINIÇÃO

O pré-requisito é componente curricular cujo cumprimento é exigência para matrícula em outro(s) componente(s) curricular(es) a que se vincula, conforme estabelece o currículo do curso.

Fluxo para a solicitação de quebra de pré-requisito:

PASSO SETOR PROCEDIMENTO
1 ALUNO Preenche os campos do Formulário de Solicitação de Quebra de Pré-Requisito, anexa Histórico do Curso e protocola no Protocolo Geral da Universidade até um dia antes da data indicada pelo Calendário Acadêmico para o início do período de matrícula.
2 COMGRAD Analisa e, se o pedido for deferido, libera a quebra de pré-requisito no sistema. (Somente no período de Ajuste de Matrícula)
3 ALUNO Solicita a matrícula via Portal do Aluno. (A COMGRAD NÃO EFETUA MATRÍCULA)

CRITÉRIOS

A Comissão de Graduação dos Cursos de Design, COMGRAD/DSG, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, considerando que a estrutura de pré-requisitos das disciplinas dos cursos deve, preferencialmente, ser respeitada em função do PPC e sendo responsável pela matrícula e autorizações especiais, conforme legislação institucional em vigor, resolve estabelecer normas e critérios para concessão de quebra de pré-requisito:

Art. 1 – As solicitações de quebra de pré-requisito deverão ser entregues no Protocolo Geral , em formulário próprio assinado (abaixo), juntamente com HISTÓRICO ESCOLAR,  JUSTIFICATIVA do aluno e grade de horários das turmas pretendidas pelo aluno na matrícula mostrando a inexistência de colisão de horários.

  • 1º- O prazo para solicitação de quebra de pré-requisito é o período compreendido entre a divulgação dos conceitos do semestre letivo passado até o dia anterior ao início da fase de encomenda da matrícula do semestre seguinte.
  • 2º- Em caso de falta de documentação exigida no caput, falta de justificativa no formulário ou solicitação feita fora do prazo, a solicitação será automaticamente indeferida.

Art. 2 – A autorização da quebra de pré-requisito fica condicionada à existência de vaga na disciplina, ao histórico escolar do aluno, ao número de créditos disponíveis nas possibilidades de matrícula do aluno, aos pedidos de quebra de pré-requisitos feitos nos semestres anteriores, aos motivos de o aluno ainda não ter o pré-requisito e à importância do pré-requisito na disciplina e no currículo do curso.

Parágrafo único – A análise da convergência destes fatores é feita caso-a-caso pela COMGRAD/DSG, e da sua decisão não cabe recurso.

Art. 3 – A quebra de pré-requisito poderá ser autorizada somente em situações excepcionais, elencadas a seguir:

  1. a) Ao discente com índice de ordenamento i1 >= 5 (5º semestre) que apresentar TIM (taxa de integralização média) >= 22, sendo considerada à matrícula simultânea na referida disciplina e no pré-requisito não atendido.
  2. b) Para o estágio curricular obrigatório, ao discente que possuir 95% do número de créditos obrigatórios exigidos.
  3. c) Ao discente que possuir processo administrativo de dispensa ou equivalência de disciplina em andamento, mas que já tenha manifestação favorável da COMGRAD/DSG quanto à concessão das mesmas.
  4. d) Para os casos afetados por alterações curriculares e não previstos por elas.
  5. e) Ao discente em processo de jubilamento.

Art. 4 – Não será concedida a quebra de mais de um pré-requisito para uma mesma disciplina.

Art. 5 – A quebra de pré-requisito não será concedida duas vezes para a mesma disciplina.

Art. 6 – Os casos omissos serão decididos pela Comissão de Graduação dos Cursos de Design.

Art. 7 – As autorizações deferidas serão concedidas somente no perí­odo de Ajuste de Matrí­cula.

COMO SOLICITAR

As solicitações de quebra de pré-requisito deverão ser entregues, em formulário próprio(disponível abaixo) assinado, juntamente com HISTÓRICO ESCOLAR e JUSTIFICATIVA do aluno, no Protocolo Geral desta Universidade, para abertura de processo.

Formulário de Quebra – arquitetura e design