Na última semana (27/06) aconteceram as Jornadas Acadêmicas — “A nova rota da seda: perspectivas brasileiras e chinesas”, evento promovido pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), e o Instituto Confúcio na UFRGS fez parte da programação.

O prof. Antônio Padula, diretor brasileiro do ICUFRGS, compôs a mesa de abertura juntamente com o representante da Embaixada da China no Brasil, Song Yang, a vice-reitora da UFSC, Alacoque Lorenzini Fernandes, o secretário de Relações Internacionais da instituição, Lincoln Paulo Fernandes, o diretor de ensino, Irineu Manoel de Souza, e o coordenador do projeto das jornadas, Pedro Vieira.

Dentre os assuntos abordados durante o evento, como a importância da aproximação e intercâmbio entre as instituições do Brasil e China, prof. Padula chamou atenção à produção acadêmica sobre as relações sino-brasileiras, e o BRICS como espaço para investigação de fenômenos sociais, políticos, econômicos e produtivos nestes países. Além da discussão acerca da nova rota da seda e dos pontos mencionados, foi levantado o interesse da UFSC na instalação de um Instituto Confúcio na instituição, dentre outras ações para promover o interesse em cultura e língua chinesas e fomentar os estudos avançados em China.

Maiores detalhes sobre o evento podem ser conferidos na matéria do site Notícias da UFSC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *