UFRGS e a Covid-19

Alimentação durante a pandemia é tema de pesquisa

< Voltar
Sumário

Participação é online e está aberta a brasileiros maiores de 18 anos

Foto: slj_tribe – CC BY-ND 2.0

A UFRGS e a USP são as duas universidades brasileiras que integram um consórcio internacional formado por instituições de 40 países para realização de um estudo sobre mudanças na alimentação em tempos de Covid-19 – Corona Cooking Survey. Coordenada pela Universidade da Antuérpia, da Bélgica, a pesquisa investiga hábitos de compras, culinária, nutrição e impacto da comunicação relacionada à alimentação antes e durante as medidas ocasionadas pela pandemia. Na UFRGS, a responsável pelo estudo é a professora Marcia Dutra de Barcellos, da Escola de Administração, integrante do Grupo de Pesquisa Da Produção ao Consumo e também do Grupo de Pesquisa em Sustentabilidade e Inovação.

No Brasil, são buscados mil respondentes. Podem participar pessoas com pelo menos 18 anos de idade, respondendo o questionário disponível na internet, neste link. É importante observar que o questionário é longo e precisa ser respondido até o fim, o que leva cerca de 30 minutos. Alguns resultados parciais da pesquisa, obtidos em outros países, já foram divulgados, como mostra a reportagem da Agência Reuters (em inglês). Em geral, os consumidores reduziram os gastos com refeições prontas e estão comprando mais frutas e legumes.

Marcia explica que, a partir da análise dos dados coletados em vários países, será possível entender novas tendências e experiências de consumo que surgiram com a pandemia de Covid-19 e averiguar como esse momento fez com que as pessoas mudassem seus hábitos em relação a uma necessidade básica – a alimentação. Os resultados também contribuirão para que se aprenda mais a respeito da comunicação dos segmentos ligados à nutrição. A ideia é, segundo a professora, que a cadeia produtiva da alimentação como um todo possa fazer uso dos resultados na definição das suas estratégias.

Tags: