UFRGS e a Covid-19

Professores da FCE defendem adoção de políticas públicas efetivas no combate à pandemia

< Voltar
Sumário
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Em novo manifesto, professores da Faculdade de Ciências Econômicas da UFRGS sustentam que é necessário a adoção de políticas públicas efetivas para o combate aos impactos da pandemia no Brasil. O documento, que já foi assinado por cem docentes, pesquisadores e bacharéis em Economia, apresenta sete novas medidas para orientar os governantes no enfrentamento à crise brasileira.

O manifesto lista diretrizes que tratam sobre compra de títulos públicos pelo Banco Central, financiamento de programas de transferência de renda para as populações mais vulneráveis, subsídios ao Sistema Único de Saúde (SUS), investimentos em obras públicas e saneamento, interrupção da política de venda de reservas internacionais, uso dos saldos dos depósitos compulsórios e ampliação da verba destinada à pesquisa básica e aplicada.

“O momento exige ousadia e contundência na ação”, argumenta Carlos Henrique Horn, diretor da FCE/UFRGS e doutor pela Escola de Economia e Ciência Política de Londres. “Em lugar de nos comprazermos com uma suposta falta de dinheiro, apontando para os atuais limites do orçamento, conclamamos os tomadores de decisão à verdadeira responsabilidade para com a Nação – adotar políticas públicas efetivas e, no quadro excepcional da pandemia, fazer o que os demais países do mundo estão fazendo e permitir que o Banco Central compre títulos diretamente do Tesouro, que poderá, assim, financiar os gastos necessários para tais políticas”, argumenta o docente, que está entre os signatários da proposta.

Veja aqui a íntegra do documento e a lista completa de signatários. Novos apoios de professores universitários e pesquisadores de qualquer área ou instituição (ativos ou aposentados), bem como de bacharéis, mestrandos e doutorandos do campo da Economia, estão sendo recebidos por meio de formulário eletrônico: forms.gle/UZucH1Fwfu26uv6BA.

Mais informações sobre a iniciativa podem ser obtidas pelo e-mail comunicafce@ufrgs.br.

Tags: