A representação do corpo e do movimento: uma análise da interatividade do motion capture

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Gabriel de Souza Prim
Berenice Santos Gonçalves
Milton Luiz Horn Vieira

Resumo


O Motion Capture (MoCap) é um sistema capaz de medir o deslocamento do ser humano. A tecnologia de captura de movimentos pode ser utilizada em produções de entretenimento digital, como os games e as animações 3D. Neste trabalho, busca-se sistematizar os níveis de interatividade possibilitadas a partir do equipamento óptico de captura de movimentos, analisando as variáveis descritas por Steuer (1992) e as definições de interatividade descritas por Lévy (2000), discutindo a interação do homem com o MoCap em termos de possibilidades de apropriação e de personalização, virtualidade, a implicação da imagem do participante e da telepresença. Os resultados permitem uma reflexão sobre o potencial de interatividade do sistema e concluindo com observações do alto potencial de interatividade do equipamento de Motion Capture.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Prim, G. de S., Gonçalves, B. S., & Vieira, M. L. H. (2015). A representação do corpo e do movimento: uma análise da interatividade do motion capture. Design E Tecnologia, 5(09), 23-28. https://doi.org/10.23972/det2015iss09pp23-28
Edição
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Gabriel de Souza Prim, UFSC

Possui graduação em Design pela Universidade Federal de Santa Catarina (2013). É mestrando no Programa de Pós-Graduação Design UFSC na área de Hipermídia Aplicada ao Design. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Artes do Vídeo. Participa como aluno do Grupo de Pesquisa TECSAUDE - Pesquisa em tecnologia com foco na saúde.

Berenice Santos Gonçalves, UFSC

Possui Doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2004), mestrado em Artes Visuais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1997) e graduação em Artes Visuais - Bacharelado e Licenciatura pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1990). Atualmente exerce a função de professor adjunto na Universidade Federal de Santa Catarina onde ministra disciplinas nas áreas de Teoria da Cor e Ergonomia e usabilidade para o curso de Graduação em Design. Atua no Programa de Pós-Graduação em Design e Expressão Gráfica [Mestrado] e no Doutorado em Design. Desenvolve pesquisas nas linhas de Hipermídia e mídia a partir dos seguintes eixos: "Hipermídia para Aprendizagem", "Interfaces e interação" e "Design Editorial no contexto das tecnologias digitais". È membro do grupo de pesquisa do CNPq "Ambientes Hipermidia para apoio ao processo ensino aprendizagem&quot

Milton Luiz Horn Vieira, UFSC

Graduado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Santa Catarina (1984), mestrado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Santa Catarina (1991) especialização em Engenharia Química (cerâmica) pela Universidade de Valencia - Espanha e doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (1999). Atualmente é professor associado 2 da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Design, com ênfase em Design Digital, em Design de Interação, em Televisão Digital Interativa e em Design de interface, atuando principalmente nos seguintes temas: Design, Interface Homem/Computador, Ergonomia, Internet, Ambiente virtual, Sistemas de sinalização, Economia criativa e Conteúdo para TV Digital Interativa. É lider dos Grupos de pesquisa SCTIC - Estruturante em Pesquisa para Santa Catarina, TECMIDIA, TECSAUDE e Comunicação Visual. Atua como pesquisador no Grupo de Televisão e Midias Digitais da UFSC