Caracterização tecnológica de cerâmica branca com adição de ossos bovinos

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Karoline de Lourdes Monteiro Guimarães
Railde de Paula Diniz Araújo
Denilson Moreira Santos

Resumo


O descarte de resíduos sólidos é visto como um problema ambiental. À medida em que as cidades crescem e os processos produtivos avançam, é necessário buscar um destino adequado para o descarte ou outras alternativas, como o reaproveitamento em outros processos. É o caso dos ossos bovinos, que apresentam propriedades interessantes, podendo ser reaproveitados e incorporação a outros materiais, como na produção cerâmica. A adição de resíduos à massa cerâmica pode agregar benefícios ambientais, estéticos, econômicos e funcionais. Por isso, neste trabalho foi realizada uma análise das propriedades tecnológicas da cerâmica com adição de ossos bovinos. Os resultados mostram que a composição com 30% de resíduos apresentou os melhores resultados, seguidos das misturas com 35% e 55% de ossos. Conforme características, este material é indicado para uso em objetos planos e em utilitários domésticos, sobretudo quando a cor branca for inerente ao produto.


##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Guimarães, K. de L. M., Araújo, R. de P. D., & Santos, D. M. (2015). Caracterização tecnológica de cerâmica branca com adição de ossos bovinos. Design E Tecnologia, 5(09), 42-49. https://doi.org/10.23972/det2015iss09pp42-49
Edição
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Karoline de Lourdes Monteiro Guimarães, Universidade Federal do Maranhão

Mestranda em Design pela Universidade Federal do Maranhão, bacharel em Desenho Industrial e Tecnóloga em Design de Interiores. Atua principalmente nos seguintes temas: ergonomia, design de produto e design de interiores.