Modelagem sob medida: parametrização do traçado de moldes básicos para calça feminina

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Stella Lisboa Sapper
Fábio Gonçalves Teixeira
Thays Neves Costa

Resumo

O processo de modelagem é uma etapa fundamental no desenvolvimento de produtos de vestuário. Nesse processo, é necessário o desenvolvimento de moldes básicos, que servirão como base para a interpretação de diferentes modelos. O objetivo deste artigo é apresentar o processo de automatização do traçado de moldes básicos para a construção de calça feminina. Para tanto, foi utilizado o programa de modelagem paramétrica Grasshopper, que é um plugin do software Rhinoceros. Esse sistema permite a parametrização de formas, de maneira que possibilite a adaptação de medidas da geometria criada. Para o desenvolvimento do traçado dos moldes básicos da calça feminina, foram utilizadas as etapas indicadas no método de modelagem do vestuário proposto por Romero (1995). O processo de elaboração do traçado no Grasshopper utiliza operações matemáticas e ferramentas para o desenho de pontos, retas e curvas. Com a automatização do traçado de moldes básicos, é possível adaptar parâmetros de acordo com a tabela de medidas de empresas ou clientes individuais. Essa adaptação também auxilia na criação de diversos modelos sob medida, como outros tipos de calça, bermudas e shorts, que podem ser interpretados por meio da modelagem básica da calça. Em uma análise comparativa com o método tradicional, os moldes gerados no Grasshopper obtiveram alta fidelidade em comparação ao traçado realizado manualmente, o que possibilita o desenvolvimento dos moldes sem perda de qualidade. Nesse contexto, este projeto também visa colaborar para a construção de um conjunto de moldes básicos que apoie o desenvolvimento de roupas sob medida.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Sapper, S. L., Teixeira, F. G., & Costa, T. N. (2018). Modelagem sob medida: parametrização do traçado de moldes básicos para calça feminina. Design E Tecnologia, 8(15), 96-109. https://doi.org/10.23972/det2018iss15pp96-109
Edição
Seção
Artigos