Banda 5P Jazz apresenta estilo fusion nas escadarias do Centro Cultural

Inspirado em John Coltrane, Hermeto Paschoal e o Marmota Jazz, o 5P Jazz apresenta seu jazz fusion em 13 de setembro, às 19h, nas escadarias do Centro Cultural da UFRGS. O concerto do conjunto faz parte da programação do projeto Sexta Degrau. A entrada é franca. No entanto, haverá a possibilidade de contribuição espontânea aos artistas.

Formado em dezembro do ano passado na faculdade de música onde frequentavam, o quinteto 5P Jazz dialoga entre o jazz, com improvisos ligados ao samba e ao hip hop norte-americano. O repertório do grupo traz músicas autorais assinadas por Augusto Santos (Sax Alto), Guilherme Prestes (Teclado), Lucas Brum (Guitarra), Marcello Caminha Filho (Baixo Elétrico) e Rodrigo Hoerlle (Bateria).

SEXTA DEGRAU (por Vitor Cunha, coordenador do projeto e bolsista do Departamento de Difusão Cultural da UFRGS)

O Centro Cultural é um espaço ainda novo, em constante construção e reinvenção. Dar vida a este lugar é um desafio que requer um olhar criterioso e criativo, buscando trazer diferentes movimentos para dentro deste local.

Parte deste processo envolve também atentar para as particularidades do espaço; o prédio, construído em 1924 e recém-revitalizado, possui uma grande importância arquitetônica, compondo os cenários imagéticos que ficam na memória de todos que vêm a este bairro.

Construir uma programação que faça jus a este lugar requer uma boa dose de experimentação. Com isso em mente, nasceu, fruto de uma parceria entre o Departamento de Difusão Cultural e o Instituto de Artes, o Sexta Degrau. Explorando a escadaria do Centro Cultural – espaço pouco evidenciado, posto que se localiza nos “fundos” do prédio -, o objetivo do projeto é construir um ambiente de convivência através da arte e da cultura, promovendo espetáculos musicais e outras ações que dialoguem com a proposta.

Partindo desta premissa, procuramos montar uma programação pautada por alguns elementos norteadores, como a valorização da cena independente, experimentação, construção coletiva e compartilhamento.

Deixe uma resposta

X