Cafeteria Pes.to promove evento de abertura com show dedicado a compositoras brasileiras

O mais novo espaço do Centro Cultural da UFRGS, a cafeteria Pes.to, abre as portas para uma de suas principais ideias formadoras: a promoção de arte e cultura. No próximo dia 13, quarta-feira, às 20h, a cafeteria convida o público para seu evento de abertura que, em parceria com o Centro Cultural, recebe os músicos Dudu Sperb (voz), Nico Bueno (baixo), Antonio Flores (guitarra) e Fernando Sessé (percussão) para uma homenagem à obra de compositoras brasileiras. O show, intitulado ‘Elas por Eles’, inaugura o palco da cafeteria, contemplando no repertório grandes nomes, como Ceumar, Adriana Calcanhoto, Rita Lee, Dolores Duran e Marisa Monte.

A ideia do grupo é reunir canções que evidenciem a presença marcante das mulheres na história da música de nosso país. “De Chiquinha Gonzaga até os nossos dias, as mulheres têm presença marcante e fundamental na história da música brasileira, tanto como intérpretes, quanto como compositoras. Entretanto, sobretudo como criadoras, elas são bastante menos lembradas que os homens. O espetáculo Elas por Eles busca justamente comentar um pouco da importância dessas grandes artistas, reunindo canções de algumas delas.”, anuncia o quarteto. 

Sobre os músicos

Desde 1988, Dudu Sperb vem desenvolvendo seu trabalho de intérprete em projetos diversoscom músicos do Rio Grande do Sul, como Paulo Dorfman, Adão Pinheiro, CauKaram, Toneco da Costa, Fernando do Ó, Giovani Berti, Maurício Marques, Arthur de Faria, Michel Dorfman, Vagner Cunha e Luiz Mauro Filho, entre outros. Atuou junto a artistas de outros estados como Guinga, Zé Miguel Wisnik, Ná Ozzetti e Milton Nascimento e apresentou-se em países como França, Holanda, Bélgica, Portugal e Uruguai. Possui quatro CDs gravados, além de participações em trabalhos de outros músicos, e recebeu várias indicações ao Prêmio Açorianos de Música, de Porto Alegre.

Nico Bueno é contrabaixista, produtor musical, professor de contrabaixo e integrante do grupo Delicatessen, que possui 3 CDs gravados e recebeu por duas vezes o Prêmio da Música Brasileira e também o Prêmio Açorianos. Participou de trabalhos autorais de diversos grupos e artistas como o Nenhum de Nós (onde atuou por quase 10 anos) que possui dois DVDs e 3 CDs, e recebeu por duas vezes um Disco de Ouro. Tocou em gravações e shows de Nei Lisboa, Luis Carlos Borges, Renato Borghetti, Solon Fishbone, Beto Bollo, Marcelo Delacroix, Pedrinho Figueiredo, Kiko Freitas, Rafael Vernet, Dado Magnelli, Jorginho do Trompete, Luiz Mauro Filho, Pedro Tagliani, Gelson Oliveira, Nelson Coelho de Castro, Luizinho Santos, Angela Jobim, Paulinho Supekovia, AngeloPrimon e Samba Grego, entre muitos outros. Também se apresentou com artistas internacionais, como o guitarrista americano Matt Hopper, o pianista francês Aymeric Frerejean e a cantora inglesa de Jazz Rowena Jameson. Recentemente gravou o CD “Canção do Porto”de Daniel Wolff, produziu o CD “Fingerprint”, de Zé Flávio (guitarrista dos Almôndegas), com participação de Thedy Correia, do Nenhum de Nós, e da dupla Kleiton & Kledir entre outros. Nico Bueno foi premiado como melhor instrumentista do 12º Festival de Música de Porto Alegre.

Antonio Flores é violonista e guitarrista. Começou suas atividades artísticas aos 16 anos em Porto Alegre, tocando ao lado de Dorotéo Fagundes. Integrou o quarteto instrumental de jazz e bossa nova junto com Thiago Santoro, Jorge Dorfman e Luiz Mauro Filho. Participou de festivais, como o Festival Internacional de Folklore de Cosquín, na Argentina, ao lado de Gilberto Monteiro e Dorotéo Fagundes; no Festival de Música Brasileira no Teatro da AGADU, Montevideo, Uruguai; com Ricardo Baumgarten e Kiko Freitas, no I Festival Instrumental de Porto Alegre; ao lado de Gilberto Monteiro, na 23a Fiesta Nacional Del Chamamé / Corrientes, na Argentina, e no III Festival Instrumental de Porto Alegre com o Antonio Flores Quarteto. Morou um ano e meio nos Estados Unidos, onde se apresentou em diferentes palcos, dentre eles Black Box Theater Kansas City – Kansas, Palácio Europa e Clube Português de Newark – New Jersey e jazz clubs como Mutual Musicians Foundation, Blue Room e Jardine’s, todos de Kansas City – Missouri. Ainda nos Estados Unidos teve a oportunidade de estudar harmonia e improviso aplicado ao jazz, à linguagem BepBop e ao Jazz Moderno, com o grande guitarrista Danny Embrey que fez parte do Expresso 88 de Sergio Mendes e da Big Band do Oscar, e também cursou um semestre do curso de Music & Technology no Kansas City Kansas CommunityCollege, onde participou da banda de apresentações com a instrução do saxofonista e maestro Jim Mair. No Exterior teve a oportunidade de dividir o palco com grandes nomes como: Everette Devan, Matt Hopper, Mike Shanks, Carlos Henríquez e Dan Nimmer (Jazz at Lincoln Center Orchestra), Luiz Viana, Arnold Young, Ângela Hagenbach, Mike Ning, entre outros. Entre outros, participou de inúmeros projetos com músicos locais como Kiko Freitas, Michel Dorfman, Ricardo Baumgarten,Edilson Ávila, Julio Herrlein, Matheus Nicolaiewsky, Bruno Braga, Gilberto Monteiro, Renato Müller, Dorotéo Fagundes, Diego Ferreira, Giba Conceição e Daniel Vargas.

Fernando Sessé nasceu em Porto Alegre/RS. Começou a tocar bateria aos doze anos, mas desde os quatro já dava suas batucadas nos encontros musicais que aconteciam em sua casa. Formou-se em Administração de Empresas em 1998, porém a música falou mais alto. Após um temporada de estudos no RJ, com o grande baterista e percussionista Robertinho Silva em 1999, resolveu mudar-se para lá permanecendo por dois anos. Voltando a Porto Alegre em 2002, participou de vários trabalhos tocando e gravando com artistas de diferentes estilos, Adriana Deffenti, Mônica Tomasi, Marisa Rotemberg, MárioFalcão, Caio Martinez, Gisele de Santi, Tati Portella, Nei Lisboa e Elias Barboza, entre outros. Participou também por 8 anos de um trabalho de mantras e cantos devocionais com o professor de yoga e meditação Marco Schultz que resultou na gravação de dois CDs e um DVD. Tem como característica aliar instrumentos eletrônicos e acústicos em seus sets. Em 2014 lançou seu primeiro cd intitulado “Em frente”, gravado com o instrumento Handpan (Hang) e em 2017 o segundo disco, “Rio Comprido”, com o mestre Robertinho Silva.​

Serviço

O que: Abertura da cafeteria Pes.to com show ‘Elas por eles’

Quando: 13 de novembro, quarta-feira, às 20h

Onde: Centro Cultural da UFRGS (R. Eng. Luiz Englert, 333) 

Deixe uma resposta

X