Setembro, 2019

30setallday10maiExposição de Teresa Poester - Até que meus dedos sangremSala Fahrion

Mais

Informações

Convidada para o próxima edição do projeto Percurso do Artista – organizado pelo Departamento de Difusão Cultural da UFRGS e interrompido desde 2014, a artista visual Teresa Poester vive atualmente em Éragny-sur-Epte, a cerca de 70 km de distância de Paris e antigo lar do famoso pintor impressionista Camille Pissarro (1830-1903). Professora aposentada do Instituto de Artes da UFRGS, Teresa trabalha desde a mudança em definitivo para a França com ferramentas tecnológicas, como programas de edição de vídeo e fotos.

Em conversa com a equipe do DDC-UFRGS, a agora artista multimídia explica que utilizará elementos em vermelho na exposição que homenageará a sua trajetória de décadas de carreira de 30 de setembro a maio de 2020 na Sala João Fahrion, no 2º andar do prédio da Reitoria da UFRGS, intitulada Até que meus dedos sangrem. Além da parte multimídia (com vídeos especialmente feitos por Vado Vergara e James Zortéa) para a exposição, Teresa Poester vai montar obras especialmente para o Percurso do Artista com tons desenhados com lápis de cor sobre papel e traços com canetas esferográficas.

Em 7 de setembro, a artista realiza, junto com outros 25 colaboradores do campo das artes, a performance também intitulada Até que meus dedos sangrem, com canetas BIC vermelha. A obra produzida no dia será exibida na exposição regular a partir do dia 30.

Leia a entrevista com a artista clicando aqui.
Veja a performance com canetas BIC.


Visitação

Terças e quintas das 10h às 17h
Quarta e sexta das 12h às 17h

Local

Sala Fahrion (2º andar da Reitoria da UFRGS)

Abertura

Sala Fahrion – 30/09 às 18h30

Data

Setembro 30 (Segunda) - Maio 10 (Domingo)

Localização

Sala Fahrion

Av. Paulo Gama, 110, Porto Alegre-RS (Prédio da Reitoria)

Organizador

DDC-UFRGS

Deixe uma resposta

X