Filmes sobre os antecedentes da Segunda Guerra abrem a programação da semana no Cinema da UFRGS

A Mostra RECAM, Encontro Especializado de Autoridades Cinematográficas e Audiovisuais do Mercosul, abre a programação da próxima semana no Cinema Universitário. O ciclo teve início neste mês e encerra suas exibições na próxima segunda-feira, 26 de agosto, às 16h, com o premiado longa-metragem uruguaio O Quarto de Léo. O filme conta a história de um jovem que não se percebe feliz, pois preocupa-se demais em atender as expectativas da mãe, da namorada e da sociedade.Em pleno processo de descoberta da sexualidade, Leo reencontra Caro, uma ex-colega, que vive também a sua crise pessoal.

Ainda na segunda-feira, às 19h, o filme Hitler: A ascensão do Mal inaugura a Mostra Antecedentes da Segunda Guerra Mundial. Mostrando a vida de Adolf Hitler quando criança e  a sua ascensão, nas fileiras do Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães, o longa remonta o cenário de antes da Segunda Guerra e revela com era o homem que se tornaria um dos mais perversos ditadores da história recente. A Ascensão do Mal, junto a outros três filmes, integra a programação organizada pelo professor de história do Colégio Aplicação da UFRGS, Nilo Piana de Castro, para o ciclo de cinema sobre questões do pré-guerra. 

O protagonismo das mulheres no rap e no movimento do Slam também ocupará as telas da Sala Redenção na próxima semana. No dia 28, quarta-feira, às 19h, a sessão Espaços (Sub)traídos traz os documentários brasileiros As Minas do Rap, dirigido por Juliana Vicente, e o Slam – Voz de levante, dirigido por Tatiana Lohman e Roberta Estrela D’Alva. O filme de Juliana, um curta-metragem de 14min, entrevista mulheres ligadas ao hip hop, abordando o histórico feminino dentro do movimento e dando voz a artistas como Negra Li, MC Gra e Karol Conka. Já o longa dirigido por Tatiana e Roberta traz para o cinema a nova vertente negra e feminista que tem se expressado pela força de seu verbo politizado: o slam. Após a sessão, haverá um debate com os organizadores e convidados. 

Já no final da semana, a Sala Redenção, em parceria com o Sesc-RS, exibe uma sessão especial com acessibilidade, em que a exibição do filme contará com audiodescrição, libras e legendas e possibilitará a experiência cinematográfica para pessoas com deficiência visual ou auditiva. A produção cinematográfica escolhida é Fátima, dirigido pelo francês Philippe Faucon. Com exibição na quinta-feira, 29, às 14h, o filme conta o drama de uma mulher muçulmana, imigrante na capital francesa e mãe solteira de duas meninas. 

Programação

Confira a programação (todas as sessões acontecem na Sala Redenção – Rua Luiz Englert, 333, Porto Alegre-RS):

16h: O quarto de Léo (Mostra RECAM) 

Dir: Henrique Buchichio | Uruguai | Drama | 2010 | 95 min

Leo se reúne com Caro, ex-colega de escola primária. Essa reunião casual afetará os conflitos um do outro, sem que nenhum deles saiba o que isso realmente acontece com o outro. Melhor Longa-Metragem no VI Festival Internacional de Cinema Gay e lésbica de Gran Canaria (Espanha). Prêmio especial do júri no 25º Festival GLBT de Turim (Itália). Prêmio do Público no 4º Festival Internacional Llamale H (Uruguai).

26 de agosto | 2ª feira | 16h

___________________________________________
19h: Hitler :  A ascensão do Mal (Mostra Antecedentes da Segunda Guerra Mundial) 

Dir. Christian Duguay | Canadá | Drama | 2003 | 179 min

Perfilando a vida de Adolf Hitler, quando criança e sua ascensão, nas fileiras do Partido Nacional-Socialista Alemão dos Trabalhadores, antes da Segunda Guerra Mundial, até tornar-se um dos piores ditadores da História recente.

16h: Hitler :  A ascensão do Mal (Mostra Antecedentes da Segunda Guerra Mundial) 

Dir. Christian Duguay | Canadá | Drama | 2003 | 179 min

Perfilando a vida de Adolf Hitler, quando criança e sua ascensão, nas fileiras do Partido Nacional-Socialista Alemão dos Trabalhadores, antes da Segunda Guerra Mundial, até tornar-se um dos piores ditadores da História recente.

___________________________________________
19h: Tempo de Matar (Mostra Antecedentes da Segunda Guerra Mundial) 

Dir. Giuliano Montaldo | Itália | Drama | 1989 | 110 min

1936, o exército italiano está prestes a invadir o território da Etiópia. Em meio ao pesado conflito, um tenente italiano começa a sentir uma dor de dente. Com o objetivo de se dirigir até o hospital militar mais próximo de seu posicionamento, o tenente Enrico Silvestri (Nicolas Cage) começa uma jornada que trará à tona todos os horrores e brutalidades dos tempos de guerra.

16h: John Rabe (Mostra Antecedentes da Segunda Guerra Mundial) 

Dir. Florian Gallemberger | Alemanha | Drama | 2009 | 135 min

Nanquim,  1937, o diretor da Siemens John Rabe e sua esposa fazem os preparativos para retornar a Berlim. Durante uma festa de despedida em sua honra, a cidade é bombardeada por aviões das forças japonesas. Rabe abre os portões da companhia e salva vários civis em pânico. A partir daí começa a jornada.

___________________________________________
19h: As Minas do Rap (Espaços (Sub)traídos)

Dir. Juliana Vicente | Brasil| Documentário | 2015 | 14 min

No Brasil, as mulheres tardaram a entrar no cenário do rap, e até hoje são raros os grupos ou artistas individuais que alcançaram destaque em suas carreiras. O documentário entrevista mulheres ligadas ao hip hop, abordando o histórico feminino dentro do movimento e dando voz a artistas como Negra Li, MC Gra e Karol Conka.

+

Slam – Voz de levante (Espaços (Sub)traídos)

Dir. Tatiana Lohman, e Roberta Estrela D’Alva | Brasil | Documentário | 2017 | 81min

Em Chicago, NY, Paris, Rio e São Paulo, a mesma cena com diferentes faces: os poetry slams, batalhas poéticas performáticas, se firmam como encontros que instigam a criatividade e o convívio entre diferentes e surgem diante da onda política conservadora mundial como ágoras do livre pensamento e expressão. No Brasil, a poeta Luz Ribeiro vence o campeonato nacional e vai para a Copa do Mundo de Poetry Slam, em Paris, representando a nova vertente negra e feminista que tem se firmado pela virulência de seu verbo politizado.

Após a sessão haverá um debate com os organizadores e convidados

14h: A Vida Tocando

Dir. Marco Antonio Saretta Poglia e Vinicius Correa | Brasil | Documentário | 2016 | 25 min | Livre

“A Vida Tocando” narra a trajetória artística do violonista Nivaldo José. Natural de Barretos (SP), Nivaldo encontra-se radicado em Porto Alegre desde 1990. Começou a tocar violão aos treze anos de idade e desde então sua trajetória musical é marcada por diversas viagens pelo país e histórias inusitadas de encontros com grandes nomes do violão brasileiro. Aos vinte anos descobriu-se vítima de retinose, doença que lhe ocultaria gradativamente a visão ao longo da década seguinte.

+

Eu não quero voltar sozinho

Dir. Daniel Ribeiro | Brasil | Romance | 2010 | 17 min | Livre

A vida de Leonardo, um adolescente deficiente visual, muda com a chegada de Gabriel, um novo aluno em sua escola. O jovem vive a inocência da descoberta do amor e da homossexualidade, ao mesmo tempo em que lida com o ciúme da amiga Giovana.

___________________________________________________________

17h: Tempo de Matar (Mostra Antecedentes da Segunda Guerra Mundial) 

Dir. Giuliano Montaldo | Itália | Drama | 1989 | 110 min

1936, o exército italiano está prestes a invadir o território da Etiópia. Em meio ao pesado conflito, um tenente italiano começa a sentir uma dor de dente. Com o objetivo de se dirigir até o hospital militar mais próximo de seu posicionamento, o tenente Enrico Silvestri (Nicolas Cage) começa uma jornada que trará à tona todos os horrores e brutalidades dos tempos de guerra.

___________________________________________________________
19h: Libertárias (Mostra Antecedentes da Segunda Guerra Mundial) 

Dir. Vicente Aranda | Espanha | Drama | 1996 | 125 min

Nos primeiros dias da Guerra Civil Espanhola uma jovem freira que foge do convento, conhece casualmente um grupo de militantes anarquista da organização feminista do movimento libertário espanhol chamado “Mujeres Libres”. Ela as acompanhará e viverá os rigores da guerra e da revolução social espanhola de 1936.

16h: Libertárias (Mostra Antecedentes da Segunda Guerra Mundial) 

Dir. Vicente Aranda | Espanha | Drama | 1996 | 125 min

Nos primeiros dias da Guerra Civil Espanhola uma jovem freira que foge do convento, conhece casualmente um grupo de militantes anarquista da organização feminista do movimento libertário espanhol chamado “Mujeres Libres”. Ela as acompanhará e viverá os rigores da guerra e da revolução social espanhola de 1936.

____________________________________________________________

19h: John Rabe (Mostra Antecedentes da Segunda Guerra Mundial) 

Dir. Florian Gallemberger | Alemanha | Drama | 2009 | 135 min

Nanquim,  1937, o diretor da Siemens John Rabe e sua esposa fazem os preparativos para retornar a Berlim. Durante uma festa de despedida em sua honra, a cidade é bombardeada por aviões das forças japonesas. Rabe abre os portões da companhia e salva vários civis em pânico. A partir daí começa a jornada.

Deixe uma resposta

X