Filósofo Vladimir Safatle realiza palestra gratuita no Centro Cultural da UFRGS

“A psicanálise como modelo de crítica à sujeição social” é o assunto central da Conferência de Vladimir Safatle – escritor, filósofo, músico e professor titular da disciplina de Teoria das Ciências Humanas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. O encontro é resultado da parceria entre o Departamento de Difusão Cultural e o Programa de Pós-Graduação em Psicanálise: Clínica e Cultura do Instituto de Psicologia da UFRGS e acontece no dia 16 de agosto, às 18h30, no Centro Cultural da Universidade, marcando a abertura do segundo semestre de 2019. Haverá, após a palestra, o lançamento do livro de Safatle Dar corpo ao impossível: dialética a partir de Theodor Adorno (Ed. Autêntica, 2019). As inscrições estão disponíveis ao público por meio do formulário online e seguem até o dia 12 de agosto.

Além de compor o corpo de professores da Faculdade de Filosofia da USP desde 2003, Vladimir Safatle tem um trabalho de referência no encontro entre a filosofia e a psicanálise. O autor ainda lecionou em universidades particulares brasileiras e em instituições estrangeiras, como o Collège International de Philosophie, a Université de Paris VII, Université de Paris VIII, a Université de Toulouse e a Universidade Católica de Louvain, Bélgica. A união entre filosofia e psicanálise também ocorre tanto em projetos de ensino, como em programas interdisciplinares de pesquisa dos quais o autor participa. Porém, seu trabalho não se restringe aos campos educacionais. O filósofo também atua como pensador público presente nos atuais debates críticos do país, tendo diversos textos de intervenção em meios de grande circulação, como o Correio Braziliense, a Folha de São Paulo e a revista Cult.

Para participar da conferência e do lançamento do livro, os interessados devem se inscrever através do link: https://forms.gle/ccKMekM9FSZovu536. Serão oferecidas 110 vagas, por ordem de inscrição, e a divulgação dos nomes contemplados será publicada em 12 de agosto no site do Centro Cultural da UFRGS e em nossas redes sociais.

Confira a lista de selecionados para a palestra (clique no link ao lado): Lista de selecionados divulgação Safatle

Sobre a Conferência de Vladimir Safatle
A psicanálise como modelo de critica à sujeição social é um modo de mostrar que a psicanálise nunca quis, desde Freud, ser apenas uma modalidade de intervenção clínica contra o sofrimento psíquico. Em seus primórdios, era evidente a tentativa de inscrever-se como um modelo de crítica a processos de sujeição social baseados na gestão de nossa economia libidinal e na configuração de certa forma de vida psíquica, no interior da qual dinâmicas de socialização deixam clivagens, sintomas e cicatrizes. A ideia para este momento de abertura de semestre é de que possa se discutir tal dimensão utilizando, como exemplo, os usos que Theodor Adorno fez da psicanálise em suas análises sobre o fascismo e o potencial autoritário de nossas democracias liberais. 

Deixe uma resposta

X