O Grupo Criativo Manifestantes busca depoimentos e histórias que se cruzem com a Sala Redenção para fazerem parte do novo documentário sobre o espaço, que será dirigido por Paula Solaris.

O Projeto Memória Sala Redenção tem como objetivo a produção de um documentário sobre a sala de cinema da UFRGS que desenvolve, desde 1987, mostras de cinema alternativo de forma gratuita e democrática para a comunidade. Em 34 anos de atuação, a Sala Redenção já recebeu e inspirou inúmeros artistas, diretores, atores, produtores, não só do audiovisual, mas como de inúmeras linguagens, assim como pessoas interessadas na sétima arte.

Paula Solaris é uma das frequentadoras assíduas das mostras e uma das criadoras do Grupo Manifestantes; seu contato com a Sala ajudou a construir seu olhar para a arte e fomentou sua paixão pelo cinema. As inúmeras produções e criações com as quais se deparou ao longo de sua carreira tornaram-se peças fundamentais da sua expressão artística. Foi o afeto com o espaço e suas lembranças que a incentivaram a contar sobre a influência da Sala Redenção em sua vida. 

Para tanto, o Grupo busca três histórias de amor, profissionais, de vida e inspiração, tais como a de Paula, para homenagear o espaço. Mais do que um documento histórico sobre a sala de cinema, a obra é um filme sobre a força do cinema e da arte nas vidas dos espectadores. 

A gravação com os selecionados será em um dia, entre 2 a 16 de julho, de forma presencial, respeitando todos os protocolos de distanciamento impostos pelo Coronavírus, com equipe reduzida e em local a ser confirmado dentro da cidade de Porto Alegre. Os depoimentos podem ser encaminhados até dia 13 de junho, pelo formulário. O resultado com as três histórias selecionadas será divulgado nas redes sociais do Grupo Manifestantes (@grupo_manifestantes) no dia 18 de junho.

Deixe uma resposta

X