Mostra Werner Herzog e documentários brasileiros marcam semana do cinema da UFRGS

O cineasta colecionador de prêmios e referências no universo cinematográfico, Werner Herzog,  traz para a Sala Redenção algumas das suas principais obras produzidas em mais de 50 anos de carreira, na mostra que leva seu nome. Além da programação semanal de parte de sua filmografia, o Departamento de Difusão Cultural da UFRGS, em realização com o Goethe-Institut, recebe Herzog para compartilhar sua genialidade em uma discussão aberta, no dia 23 de setembro, às 18h. Para participar do evento (todo em inglês e sem tradução), mediado por Francisco Azevedo – produtor do projeto Fronteiras do Pensamento -, basta retirar senhas de acesso na Sala Redenção no dia a partir das 17h.

A Mostra Werner Herzog, uma parceria conjunta  do cinema da UFRGS e o Goethe-Institut, exibe nove títulos de curta, média e longa metragens, entre os dias 16 e 23 de setembro. O ciclo conta com produções como Aguirre – A Cólera dos Deuses (1972), filme honrado com prêmios como o da Sociedade Nacional de Críticos de Cinema, de Melhor Fotografia, e o Prêmio de Cinema Alemão, também na mesma categoria. A obra, realizada em solo peruano e baseada em fatos históricos, relata a ambiciosa expedição de conquistadores espanhóis em busca do Eldorado, a lendária cidade de ouro, com enfoque nos efeitos mentais e emocionais sofridos por homens em situações-limite. A produção idealizada na natureza primitiva divide as telas com o cenário de temperaturas extremas, em Fata Morgana (1971),  considerado um dos filmes mais visionários do alemão Herzog. A produção que se passa na região do Saara é composta pelo enredo de uma aventura impressionante e carregada de críticas à civilização. Os créditos e os direitos de imagens da Werner Herzog Film GmbH.

Além da exibição de produções herzogianas, a Sala Redenção abre as portas para mais uma edição da bem sucedida Sessão Incluir. O cinema acessível, com audiodescrição para o público com deficiência visual, convida a todos para prestigiar a obra de Daniela Sallet, diretora e roteirista de Hermenegildo (2019). O documentário denuncia o acidente ambiental no extremo sul do Brasil, na Praia do Hermenegildo, através dos olhares sensíveis do jornalista Marco Antônio Villalobos após quarenta anos do maior desastre ecológico do Estado. A sessão é gratuita e acontece no dia 18 de setembro, às 14h. Ainda na próxima quarta-feira, 18, o Cinema Universitário conta com a exibição de Piratas da Informática – Piratas do vale do silício (1999). A obra dirigida por Martyn Burke faz parte da Sessão Inovação nas Telas, uma série de cinedebates que pauta temas como empreendedorismo e inovação, tanto na tela quanto na conversa com personalidades referentes nas áreas. 

Ainda nesta semana, a Sala Redenção transmite o documentário de Ana Flauzina, Além do Espelho (2017), no dia 19 de setembro, às 19h. A produção compõe o projeto Cinemas em Rede, uma iniciativa da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) em parceria com o Governo Federal. Resistência negra, o cenário internacional contemporâneo e os desafios do racismo são alguns dos temas provocados pelo jornalista Edson Cardoso e o cineasta etíope Haile Gerima. As reflexões continuam após a sessão, agora propostas por Flauzina, em um debate gerado e transmitido a partir da Universidade Federal da Bahia, UFBA.

Programação da semana

16h: Gasherbrum (Mostra  Werner Herzog)

(Gasherbrum – der leuchtende Berg)

Dir. Werner Herzog | Alemanha | Documentário | 1985 | 45 min | 10 anos | Legendado

Em junho de 1984, os dois renomados alpinistas Reinhold Messner e Hans Kammerlander fazem uma expedição incomum. Eles querem conquistar em uma única escalada dois picos de mais de 8000m na Serra de Karakorum, que são o Gasherbrum 1 e o Gasherbrum 2, e isso sem equipamento de oxigênio, sem grande bagagem e sem retorno intermediário ao acampamento de base. Herzog acompanha a expedição até o acampamento de base nas geleiras eternas.

+

Lições da Escuridão

(Lektionen in Finsternis / Lessons of Darkness)

Dir. Werner Herzog | Alemanha | Documentário | 1992 | 50 min | 10 anos | Legendado

A paisagem exibe o desastre dos campos de petróleo do Kuwait em chamas. Em contraste com o documentário comum, não há comentários e poucas entrevistas. O que deve ter sido o inferno em si é apresentado ao espectador em vistas e músicas de beleza tão fascinante que contrasta com a destruição causada por essas máquinas.

___________________________________________

19h: Sinos do Abismo (Mostra Werner Herzog)  

(Glocken aus der Tiefe / Bells from the Deep)

Dir. Werner Herzog | Alemanha | Documentário | 1993 | 60 min | 16 anos | Legendado

Werner Herzog observa na Sibéria curandeiros que se autodenominam redentores e se fazem passar por sucessores de Cristo, e pessoas que, no distante lago Svetloyar, realizam rituais estranhos e difíceis de explicar.

Após a sessão haverá um debate com Fatimarlei Lunardelli sobre o cinema de Herzog.

16h: La Soufrière (Mostra Werner Herzog)

Dir. Werner Herzog | Alemanha | Documentário | 1977 | 30 min | 12 anos | Legendado

Ao saber que a ilha de Basse-Terre foi evacuada devido a possível erupção do vulcão La Grande Soufrière, Herzog viaja para a ilha deserta para encontrar um camponês que se recusou a sair.

+

Pastores do Sol

(Hirten der Sonne / Herdsmen of the Sun)

Dir. Werner Herzog | Alemanha | Documentário | 1989 | 48 min | 12 anos | Legendado

Tendo como ponto de partida uma festa, que se realiza anualmente, Herzog retrata a tribo nômade dos wodaabe, no sul do Saara. Em momento algum, ele suprime o desconhecido e o irritante em suas observações, enfatizando, assim a identidade inconfundível da antiga tribo do povo dos fulbes.

___________________________________________

19h: Fata Morgana (Mostra Werner Herzog)

Dir. Werner Herzog | Alemanha | Documentário | 1971 | 79 min | 10 anos | Legendado

O filme ficou, durante algum tempo, engavetado, mostrado apenas para alguns amigos. Um filme repleto de plasticidades, poético e ao mesmo tempo chocante em seu transe de sons, cores e efeitos.

14h: Hermenegildo (Sessão Incluir)

Dir. Daniela Sallet | Brasil |Documentário | 2019 | 42 min | Livre

Quarenta anos depois do maior desastre ecológico do Rio Grande do Sul o primeiro repórter a chegar ao local da tragédia volta à Praia do Hermenegildo, no extremo sul do Brasil. As memórias do jornalista Marco Antônio Villalobos são o fio condutor do documentário que revisita o episódio que matou milhares de animais marinhos, além de cães, gatos e cavalos. Daniela Sallet assina roteiro e direção e lança seu olhar em busca respostas para a maior dúvida que ainda encobre a tragédia: a real causa do acidente ambiental. Enquanto o laudo oficial do Governo Militar responsabilizou o fenômeno natural da “maré vermelha”, técnicos apontavam uma contaminação por produtos químicos.

___________________________________________

19h: Piratas da Informática – Piratas do vale do silício (Sessão Inovação nas Telas)

Dir. Martyn Burke | EUA | Drama | 1999 | 95 min | 14 anos | Legendado

Até o surgimento de Steve Jobs e Bill Gates, a informática era algo distante, que não fazia parte do universo das pessoas comuns. Os dois, ainda estudantes, lideraram uma revolução que integrou os computadores ao nosso dia a dia.

16h: Últimas Palavras (Mostra Werner Herzog)

(Letzte Worte / Last Words)

Dir. Werner Herzog | Alemanha | Documentário | 1968 | 13 min | 12 anos | Legendado

O filme conta a história do último homem a deixar a ilha de Spinalonga, conhecida por ser um reduto de leprosos. O homem se recusou a abandonar a ilha e foi, então, forçadamente tirado de lá. Ele agora vive em Creta, onde toca lira num bar durante a noite e se recusa a falar.

+

Wheel of Time

(Rad der Zeit)

Dir. Werner Herzog | Alemanha | Documentário | 2003 | 81 min | 12 anos | Legendado

Documentário sobre as festividades ligadas à iniciação Kalachakra em Bodh Gaya (India) e em Graz (Áustria).

___________________________________________________________

19h: Além do Espelho (Mostra Cinemas em Rede)

Dir. Ana Flauzina | Brasil | Documentário | 2017 | Livre

O documentário ALÉM DO ESPELHO conecta duas das mais importantes vozes da resistência negra no cenário internacional contemporâneo: o jornalista brasileiro Edson Cardoso e o cineasta etíope Haile Gerima que, em intenso diálogo, situam os desafios impostos pelo racismo e as possibilidades de superação de seus efeitos nefastos.

Após a sessão teremos um debate com Ana Flauzina, diretora do filme, gerado e transmitido a partir da Universidade Federal da Bahia, UFBA.

 

A Sala Redenção não abrirá devido ao feriado. 

Deixe uma resposta

X