Núcleo da Canção revive o rock gaúcho da banda Liverpool com o álbum “Por favor, sucesso”

O Núcleo da Canção dá lugar ao rock porto-alegrense na edição de outubro, através dos versos da banda Liverpool, em audição comentada do álbum Por favor, sucesso (1969). Vindos do bairro operário, a Vila do IAPI, os integrantes da posterior banda Bixo da Seda reúnem no disco letras sobre a vida urbana e a busca pela liberdade, num contexto político que não limitou a expressão revolucionária do grupo. O Centro Cultural da UFRGS recebe, no dia 23, às 19h, o baterista Edinho Espíndola para guiar as falas sobre o disco, em comemoração aos 50 anos de lançamento do sucesso. A mediação da conversa fica por conta do músico e jornalista, Arthur de Faria.

O único disco produzido pelo grupo, nomeado de Liverpool, recebeu forte influência do movimento tropicalista e do rock psicodélico. Com músicas de Carlinhos Hartlieb e da dupla Hermes Aquino e Laís Marques, o álbum lançou a banda no final da década de 60. A produção ultrapassou as fronteiras nacionais nos anos 2000, com relançamento do álbum no exterior. A partir do sucesso, a banda foi considerada pelos críticos como um clássico cult, recebendo comparações com os lendários Os Mutantes. Nesse contexto, Espíndola propõe uma análise do arranjo e da composição do disco, bem como do contexto da produção do mesmo, através das lentes de quem vivenciou de perto o processo. 

O Liverpool de 1967 tinha na sua composição inicial Fughetti Luz no vocal; Mimi Lessa como guitarrista solo; Marcos Lessa na guitarra base; Wilmar Santana (Peco) no baixo e o baterista Edinho Espíndola. Com arranjos ousados e originais em Por favor, sucesso, o grupo consolidou-se como uma das mais importantes bandas da música popular e do rock progressivo do Estado.

“O Liverpool tinha uma coisa que me agradava muito… Eles faziam um rock que era puramente tupiniquim, brasileiro, tropical. Mas, ao mesmo tempo, estavam em sintonia com o que havia de mais moderno no mundo – apesar de toda a precariedade de condições que eles encontravam”, confessa Arthur de Faria, em texto escrito em 2011. “Se você não conhece o Bixo da Seda ou o Liverpool, não sabe do que foi capaz o rock gaúcho”, finaliza Faria.

Serviço

O que: Núcleo da Canção 

Audição comentada do disco Por favor, sucesso (1969), da banda de rock Liverpool, com Edinho Espíndola e Fughetti Luz | Mediação de Arthur de Faria

Data: 23 de outubro, às 19h

Local: Sala Araucária do centro Cultural da UFRGS (Av. Luiz Englert, 333)

Entrada Franca

O álbum

Deixe uma resposta

X