Sala Redenção distribui ingressos gratuitos para Mostra Brasil Contemporâneo do Capitólio

A partir de 11 de novembro, segunda-feira, a Sala Redenção, em parceria com a Cinemateca Capitólio, distribui ingressos gratuitos para a próxima mostra que ocupará as telas do cinema localizado no centro histórico da cidade, a Mostra Brasil Contemporâneo. A programação (disponível online) acontece entre os dias 12 e 20 de novembro e exibe sete filmes brasileiros contemporâneos e inéditos em Porto Alegre. Os ingressos podem ser retirados das 9h às 18h, na recepção do Centro Cultural da UFRGS, com o limite de dois por pessoa.

A parceria entre a Sala Redenção, por meio do Departamento de Difusão Cultural da UFRGS, e a Cinemateca Capitólio ocorre desde o início de 2019. O público que circula pelo campus centro da UFRGS teve a oportunidade ao longo do ano de conferir diversos ciclos de cinema, dentre eles produções asiáticas e nacionais.

Sobre a mostra

De 12 a 20 de novembro a Cinemateca Capitólio Petrobras promove a mostra Brasil Contemporâneo, uma das 26 atividades do projeto Cinemateca Capitólio Petrobras Programação Especial 2019, aprovado na Lei de Incentivo à Cultura/Governo Federal, com produção cultural da Fundacine RS e Prefeitura Municipal de Porto Alegre, através da Coordenação de Cinema e Audiovisual da Secretaria da Cultura. O projeto tem patrocínio master da Petrobras.

Brasil Contemporâneo conta com sete produções, sendo parte delas uma retrospectiva do montador, diretor e produtor paulista Paulo Sacramento, que estreou em 2002 na direção de longas com o documentário O Prisioneiro da Grade de Ferro, eleito pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema – ABRACCINE – um dos maiores documentários brasileiros de todos os tempos. O filme contará com exibição de cópia remasterizada seguida de debate com a presença de Sacramento no domingo, 17 de novembro.

Na quarta-feira, 13 de novembro, a programação conta com a sessão comentada de Diz a ela que me viu chorar, de Maíra Buhler, vencedor da mostra principal do festival Olhar de Cinema, com a presença de Marcos Vinicius Maia, integrante do elenco.

Outro destaque fica por conta de Vermelha, de Getúlio Ribeiro, vencedor da Mostra Aurora do Festival de Tiradentes. O longa conta a história de dois homens que viajam até região rural em busca de uma antiga raiz atingida por um raio. Enquanto eles extraem a raiz, Beto auxilia Gaúcho na reforma do telhado de sua casa, que passa a ser ameaçada diariamente pelo fornecedor de materiais de construção por dívidas em atraso.

No dia 15 de novembro o longa inédito no circuito comercial, Os Pássaros de Massachusetts, do gaúcho Bruno de Oliveira, tem sessão comentada com a presença do diretor. O filme foi um dos selecionados na Mostra Competitiva de Longas Gaúchos no Festival de Gramado 2019.

Deixe uma resposta

X