Samba-enredo é tema de encontro do Núcleo da Canção no dia 13

O Núcleo da Canção da UFRGS realiza no dia 13 de junho, às 19h, no Centro Cultural da UFRGS, o encontro A brasilidade em forma de canção – A formação do samba-enredo e as tensões do Brasil contemporâneo. A atividade dá prosseguimento à programação de 2019 do Núcleo e traz como convidado o professor e pesquisador Jackson Raymundo.

Jackson é autor de diversos textos sobre o carnaval e, em especial, sobre o gênero cancional samba-enredo. Sua dissertação de mestrado, A poética do samba-enredo – a canção das escolas de samba de Porto Alegre, foi pioneira ao tematizar na academia a canção carnavalesca da capital gaúcha. As características formativas do samba-enredo, a trajetória histórica do gênero e a renovação constante de suas abordagens também são temas pesquisados pelo professor e que permeiam a conversa do dia 13.

O encontro conta com a mediação de Luís Augusto Fischer, professor do Instituto de Letras da UFRGS e orientador de Raymundo. Os pesquisadores comentarão dois sambas-enredo recentes que tiveram destaque, tanto pela qualidade da canção quanto pela capacidade de interpretar a formação histórica do Brasil e suas tensões contemporâneas: “Meu deus, meu deus, está extinta a escravidão?”, da Paraíso do Tuiuti em 2018, e “Histórias para ninar gente grande”, da Mangueira em 2019.

Serviço

O que: Núcleo da Canção | A brasilidade em forma de canção – A formação do samba-enredo e as tensões do Brasil contemporâneo
Data: 13 de junho, às 19h
Local: Centro Cultural da UFRGS (Av. Luiz Englert, 333)
Entrada Franca

Deixe uma resposta

X