UNIMÚSICA 40 ANOS | MÚSICA DA PRESENÇA

O projeto Unimúsica chega aos seus 40 anos de criação celebrando a força das artes na transversalidade entre música, dança, teatro, circo e performance. O festival online Uni 40: música da presença ocorre entre os dias 27 de setembro e 8 de outubro de 2021. A edição é, mais do que tudo, uma homenagem aos processos artísticos fundados no exercício da presença não mediatizada.

Ainda que ganhe formato virtual, o festival escolhe afirmar a cena viva, baseada na copresença entre artistas e espectadores, profundamente atingida pela pandemia de COVID-19, e que vem mobilizando esforços para pensar novas formas de produção e atuação.

Nesse contexto, quais caminhos têm sido trilhados? Que relações – passadas e futuras – podemos entrever entre corpo e música, entre música e cena? O que nos aponta o jogo de convergências e fricções nos trabalhos colaborativos entre músicas(os), encenadoras(es), coreógrafas(os), bailarinas(os), atrizes, atores e performers?

A partir dessas questões, a equipe curatorial delineou uma programação com quatro eixos, incluindo dez espetáculos virtuais com artistas de diferentes partes do Brasil, ciclo de conversas, Mostra Discente e série de podcasts. Acesse todos os áudios e vídeos a partir da programação abaixo!

PROGRAMAÇÃO

MOSTRA DISCENTE

#paratodeslerem: Botão com link para o Edital da Mostra Discente

#paratodeslerem: Botão com link para o Mural de Encontros

#paratodeslerem: Botão com link para o formulário de inscrição da Mostra Discente

CURADORES

Ana Fridman – compositora e pianista, graduada em Música e Dança pela Universidade Estadual de Campinas, com mestrado em Composição e Performance no California Institute of the Arts e doutorado em Música pela Universidade de São Paulo. Em editais de música tem premiações como compositora e arranjadora em projetos como Rumos/Itaú Cultural, Caixa Cultural e Secretaria da Cultura de São Paulo e atua em projetos que integram as áreas de Música e Dança, como trilhas sonoras, pesquisas sobre educação e projetos multimídia. Atualmente é docente no Departamento de Música da UFRGS.
Ana Laura Freitas – jornalista e servidora da UFRGS, atua como coordenadora de programas culturais no Departamento de Difusão Cultural (PROREXT). Bacharel em Jornalismo e mestre em Comunicação e Informação pela UFRGS.
Lígia Petrucci – diretora do Departamento de Difusão Cultural e Centro Cultural (PROREXT-UFRGS). Licenciada em História e mestre em Artes Cênicas pela UFRGS, onde atua como servidora técnico-administrativa, com cargo de produtora cultural.
Rui Moreira – artista da dança, é ativista pelo direito de fruição e amplitude social das artes. Desenvolve investigação gestual focada nas expressões tradicionais patrimoniais, populares e contemporâneas do Brasil. Além de compor importantes elencos nacionais e internacionais, co-fundou e dirigiu a Cia. SeráQuê?; a Associação SeráQuê Cultural e criou a Rui Moreira Cia de danças. É brasileiro, original de São Paulo, morou em Belo Horizonte, Lyon (França) e desde 2016 reside em Porto Alegre, onde cursa licenciatura em dança na UFRGS.
Suzi Weber – professora e pesquisadora da UFRGS, atua no Departamento de Teatro e no Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas. É PhD em Estudos e Práticas das Artes pela Université du Quebéc à Montréal. Realizou estágio de pós-doutorado no Centre for Dance Research/Coventry University (Reino Unido) e tem publicado os processos e resultados de suas pesquisas em dança e performance em eventos e periódicos nacionais e internacionais. Atriz e bailarina.
Valencia Losada – produtora cultural, curadora, feminista e graduanda em Filosofia. Em Porto Alegre trabalhou como produtora executiva na Opus Promoções e no Porto Alegre Em Cena. De 2008 a 2014 foi diretora artística do Theatro São Pedro e em 2015 coordenadora geral do Programa Educativo da Bienal do Mercosul. Desde 2016 está radicada na cidade do Rio de Janeiro e responde pela coordenação artística dos projetos da Quintal Produções.

EQUIPE

Ana Fridman – trilha original
Ana Laura Freitas
– produção e assessoria de imprensa
Caroline Marques – produção
Dudu Sperb – locução
Gabrielle Aimi
– transcrição e tradução
Gilberto Assis – produção musical da trilha original
Lígia Petrucci – coordenação e produção
Marcelo Freire
– audiovisual
Matheus Brito – identidade visual
Mirna Spritzer – locução
Ellen Kambara
– produção e operação de transmissão
Vitor Cunha – edição de vídeo e site

APOIADORES

IMPRENSA

Acesse releases e fotos de divulgação do festival aqui.