Este capítulo tem por objetivo nortear o registro de documentos eletrônicos considerando as múltiplas formas de publicação disponíveis (impressa e eletrônica) nas bibliotecas e as dúvidas de como registrá-las no SABi.

O texto esclarece conceitos, auxilia na seleção do formato de registro mais adequado ao conteúdo do documento eletrônico e elucida esta escolha através de exemplos.

Conceitos #

Documento eletrônico é um material codificado (contendo arquivo de texto, dados ou programas) para manipulação por computador. A leitura de seu conteúdo pode exigir o uso de periférico ligado a um computador, tal como um leitor de CD-ROM, ou uma conexão com rede de computadores como a internet. Esta definição exclui documentos eletrônicos que não necessitem do uso de um computador: CDs musicais e videodiscos.

A edição de 2002 do AACR2 adota como designação geral do material (DGM) o termo recurso eletrônico no lugar de outros termos correntemente em uso, como arquivo de computador ou meio digital.

Documento eletrônico de acesso direto: possui suporte físico, como pen drive, CD-ROM, DVD, etc. que o usuário insere fisicamente no computador.

Documento eletrônico de acesso remoto (on-line): não possui suporte físico (não há item a ser registrado) e o acesso se dá por meio de um terminal com conexão remota (que não pode ser manuseado fisicamente), como sistemas ou serviços on-line e sites pessoais ou institucionais.

Registro de documento no SABi por carga das editoras: registro bibliográfico de documento eletrônico de acesso remoto incluído no SABi por carga das editoras: Springer, IEEE, RSC ou de outras que venham a ser contratadas nas modalidades de acesso perpétuo ou por assinatura.

Fontes consultadas #

Registro de documentos eletrônicos

INTERNATIONAL FEDERATION OF LIBRARY ASSOCIATIONS AND INSTITUTIONS. Functional Requirements for Bibliographic Records: final report. IFLA, 1997, 2009. Disponível em: http://www.ifla.org/files/assets/cataloguing/frbr/frbr_2008.pdf. Acesso em: 13 mar. 2013.

LIBRARY OF CONGRESS. Draft interim guidelines for cataloging electronic resources. Disponível em: http://www.loc.gov/catdir/cpso/dcmb19_4.html. Acesso em: 13 mar. 2013.

LIBRARY OF CONGRESS. MARC 21 concise bibliographic: introduction. Disponível em: http://www.loc.gov/marc/bibliographic/bdintro.html. Acesso em: 13 mar. 2013.

LIBRARY OF CONGRESS. Network Development and MARC Standards Office. Guidelines for coding electronic resources in Leader/06. Disponível em: http://www.loc.gov/marc/ldr06guide.html. Acesso em: 13 mar. 2013.

VEVE, Marielle. The Streaming Guide to Cataloging Remote Access Multimedia: a How-to Virtual Manual for Catalogers. Knoxville, Tenn.: Newfound Press, University of Tennessee Libraries, 2010. Disponível em: http://www.newfoundpress.utk.edu/pubs/veve/. Acesso em: 13 mar. 2013.

WEITZ, Jay. Cataloging electronic resources: OCLC-MARC coding guidelines. Disponível em: <http://www.oclc.org/connexion/documentation/type.htm>. Acesso em: 14 jul. 2003.