O que é?

Programa voltado para o desenvolvimento da formação-intervenção, da supervisão crítico-colaborativa em redes de ação e de práticas de trabalho em saúde coletiva e educação e ensino da saúde.

Competência e habilidades para intervir no cotidiano das ações de formulação, implementação e avaliação das políticas de saúde, agregando valor de aprendizagem no e pelo trabalho e processos tecnológicos.

Trata-se de uma profissionalização por habilidades de planejamento, gestão, avaliação, educação, pesquisa e inovação.

Formação-intervenção com supervisão critico-colaborativa.

Imersão de profissionais especialistas e profissionais específicos nas instâncias de formulação, condução, regulação e avaliação de políticas.

Áreas projeto
Política Nacional de Atenção Básica e Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde

Objetivo

Desenvolver científico-tecnologicamente e em habilidades, competências, valores e atitudes profissionais da Atenção Básica e da Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, com conhecimento das políticas de formação e provimento em saúde; gestão do trabalho na saúde; formulação e implementação das políticas sanitárias; gestão da clínica e ordenamento da rede de atenção com porta de entrada e gestão de linhas de cuidado na atenção básica; e composição de redes estratégicas com interface da atenção básica, envolvendo o treinamento profissionalizante e desenvolvimento científico-tecnológico em serviço. Trata-se de um treinamento e supervisão no trabalho e voltado para o trabalho, proporcionado pela agregação de profissionais especialistas e profissionais específicos diretamente aos ambientes produtivos em integração ensino-serviço e intervenção crítico-colaborativa entre universidade e sistema de saúde.

Para quem é?

Bolsistas – graduados em saúde coletiva, profissionais com residência em saúde da família ou assemelhados

Cursistas – Trabalhadores da SGTES e DAB/SAS

Estratégia de operacionalização

Atividades teóricas serão realizadas em forma de estudo orientado em coletivos ou individuais, podendo ser presenciais ou por ambiente virtual de aprendizagem. As atividades de imersão prática representam a inserção de profissionais na rede de gestão do Sistema Único de Saúde

Os procedimentos podem envolver atividades teóricas, atividades de imersão prática, rodas de conversação, estudos dirigidos individuais, projetos de intervenção, ações colaborativas internacionais, intercâmbio de experiências em políticas internacionais e estudos de profundidade em bases locais ou comparadas, nacionais e internacionais.

360 horas – Presenciais Teóricas
288 horas – AVA
1440 horas – Imersão Prática

A conversa

Continua sempre…
Tenhamos encontros potentes em afectar, significar e (re)signficar as nossas práticas, os nossos mundos e os nossos coletivos…
Em defesa da grande saúde.

NOTÍCIAS E NOVIDADES

Fique por dentro do curso

Nossa Equipe

A equipe de profissionais do EducaSaúde

ENTRE EM CONTATO

Venha até a sede, ligue ou deixe-nos um e-mail

icon-mail sharlene@educasaude.ufrgs.br
icon-marker Rua Antônio Carlos Guimarães, 155 – 2º Andar.
UFRGS – Campus Centro – Centro Histórico
Porto Alegre – RS / CEP 90.050-382
icon-phone (51) 3308-4131
insta-icon twitter-icon youtube-icon face-icon

Entre em contato

Campos marcados com * são requeridos