MANIFESTAÇÃO PÚBLICA DA COMISSÃO DE CONSULTA

A Comissão de Consulta do processo de Consulta à Comunidade – Reitoria Gestão 2020-2024 vem a público repudiar acusações de parcialidade que lhe foram lançadas no debate ocorrido em 10/07/2020 por parte de uma das chapas inscritas. Bem ao contrário das suspeitas que se pretendeu levantar, cumpre reafirmar de pronto que a Comissão de Consulta tem procedido seus atos dentro dos limites determinados pelo Edital de Convocação à Consulta à Comunidade, de maneira a assegurar que este rito acadêmico universitário se processe dentro de absoluta lisura, garantindo equanimidade no tratamento das chapas inscritas, e atendendo às demandas que lhe têm sido feitas em obediência aos princípios de legalidade e razoabilidade que regem a administração pública.

Os integrantes da Comissão de Consulta foram indicados e eleitos pelos Conselhos Superiores da Universidade (CONSUN e CONCUR) respeitando os normativos internos da nossa Universidade. A Comissão de Consulta tem agido em respeito ao mandato e às competências que lhe foram concedidos por estes Conselhos e pelo Edital de Convocação. Por isso, veem-se na obrigação de cobrar respeito em relação a estes mesmos Conselhos e aos integrantes da Comissão de Consulta, independentemente das posições que ocupem na hierarquia da Universidade. Este respeito é devido especialmente por todos aqueles envolvidos na atual campanha consultiva, principalmente aqueles que, no calor da disputa política, fazem acusações infundadas e injustificadas, descurando da ética que suas posições como integrantes de uma universidade pública de excelência exige.

Nestas horas que antecedem a consulta, reforçamos que todos aqueles comprometidos nas campanhas mantenham os bons níveis de civilidade que devem caracterizar uma Consulta à Comunidade que é, acima de tudo, um processo acadêmico universitário de caráter interno e institucional, no exercício da autonomia garantida à universidade pública pela Constituição Federal. Ao ser atendida a recomendação que ora faz a Comissão de Consulta, estamos certos de que será ampliada e mais uma vez reafirmada, tanto interna quanto externamente, a qualidade da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Em 11 de julho de 2020.

PANTELIS VARVAKI RADOS,

Presidente da Comissão de Consulta.