CEPA desenvolve estudo sobre “Cadeia Produtiva da Indústria de Rendering no Brasil”

TAGS: CEPA EA

26/09/2019

O Centro de Estudos e Pesquisa em Administração – CEPA lançou, nesta quarta-feira (25/09), o material que apresenta os resultados do estudo “Cadeia Produtiva da Indústria de Rendering no Brasil”, solicitado pela ABRA – Associação Brasileira de Reciclagem Animal. A apresentação foi feita pelo professor da EA Luiz Antonio Slongo, vice-diretor do CEPA, durante o “2º Diálogo Técnico – Setor de Reciclagem Animal”, evento que tem o apoio dos Ministérios da Agricultura (Mapa) e do Meio Ambiente (MMA).

Prof. Slongo apresentou o material em evento da ABRA

O estudo, que está disponível no site da ABRA, foi solicitado com o objetivo de entender melhor a estrutura, funcionamento e dinâmica competitiva do setor. O trabalho se dividiu em três partes:

  • Relatório Técnico 1: Caracterização e Funcionamento da Cadeia Produtiva de Reciclagem Animal
  • Relatório Técnico 2: Análise da Estrutura Competitiva do Setor de Reciclagem Animal (Rendering)
  • Material complementar: Artigos elaborados a partir do Estudo da Cadeia Produtiva de Reciclagem Animal e Análise Competitiva do Setor.

A equipe de trabalho contou com os professores da EA Antônio Padula, Fernando Bins Luce, Luiz Antonio Slongo e Márcia Dutra de Barcellos (também diretora do CEPA); dos professores Júlio Otávio Barcellos e Tamara Esteves de Oliveira; dos doutorandos Fernando D’Andrea e Marcela Kucynski Rocha; da graduanda Fernanda Fontoura da Silva e do técnico-administrativo do CEPA Emerson Lamberti.


Para saber mais:

 

CEPA recebe homenagem do Conselho Regional de Administração

TAGS: CEPA

CRA-RS descerrou uma placa comemorativa aos 60 anos do Centro

CEPA é homenageado pela Assembleia Legislativa do RS

TAGS: CEPA EA UFRGS

Centro de Estudos e Pesquisa em Administração completa 60 anos em 2019

Assembleia Legislativa presta homenagem aos 60 anos do CEPA

TAGS: CEPA

Plenário da ALRS sediará evento no dia 20 de agosto, próxima terça-feira, a partir das 14 horas