Ciência sem Fronteiras abre novas chamadas para bolsas no exterior

As oportunidades são para graduação sanduíche na Austrália, Alemanha, Canadá, Coreia do Sul, Estados Unidos, Holanda e Reino Unido
Começam na segunda-feira, dia 6, e seguem até 14 de setembro as inscrições para as novas chamadas de bolsas de graduação sanduíche oferecidas pelo Programa Ciência sem Fronteira. Há oportunidades de estudo na Austrália, Alemanha, Canadá, Coreia do Sul, Estados Unidos, Holanda e Reino Unido. A Relinter ( Secretaria de Relações Internacionais) publicará na próxima semana edital complementar regulamentando a participação de alunos da UFRGS no Programa. O edital estará disponível no site da Relinter no link Editais Abertos (http://www.ufrgs.br/relinter/portugues/portugues/menugeral/aluno-ufrgs/editais-abertos)

As bolsas terão duração máxima de 18 meses, sendo seis meses de curso de língua estrangeira – quando disponível antes do início do período acadêmico; nove meses dedicados aos estudos em tempo integral; e até três meses para estágio de pesquisa ou inovação tecnológica em centro de pesquisa industrial ou laboratório na universidade. Os estágios serão oferecidos pela universidade do exterior ou por instituição parceira diretamente ao aluno.
Quem pode participar
O candidato deve estar matriculado em curso de nível superior nas áreas e temas do programa, ter nacionalidade brasileira, ter cursado no mínimo 20% e no máximo 90% do currículo previsto para o curso e apresentar o teste de proficiência na língua do país de destino.
Sobre o Programa
O Ciência sem Fronteiras pretende propiciar a formação de profissionais altamente qualificados nas melhores universidades e instituições de pesquisa estrangeiras. O programa prevê 75 mil bolsas até 2015 , oferecidas pelo governo federal, mais 26 mil bolsas concedidas com recursos da iniciativa privada.
As áreas prioritárias do programa são Engenharias e demais áreas tecnológicas; Ciências Exatas e da Terra; Biologia, Ciências Biomédicas e da Saúde; Computação e Tecnologias da Informação; Tecnologia Aeroespacial; Fármacos; Produção Agrícola Sustentável; Petróleo, Gás e Carvão Mineral; Energias Renováveis; Tecnologia Mineral; Biotecnologia; Nanotecnologia e Novos Materiais; Tecnologias de Prevenção e Mitigação de Desastres Naturais; Biodiversidade e Bioprospecção; Ciências do Mar; Indústria Criativa (voltada a produtos e processos para desenvolvimento tecnológico e inovação); Novas Tecnologias de Engenharia Construtiva e Formação de Tecnólogos.
A iniciativa é do governo federal, por meio dos ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e da Educação (MEC) e suas instituições de fomento – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Fonte: Site UFRGS

MITACS oferece bolsas de estágio no Canadá

A MITACS, associação canadense de fomento à inovação, oferece estágios remunerados para estudantes de graduação de diferentes países, incluindo o Brasil.

Através do programa Globalink, estudantes do Brasil, México, China e de 29 universidades canadenses podem ter uma experiência profissional com pesquisadores e empreendedores de renome no Canadá. Em 2012, 40 alunos brasileiros participaram, e a meta para 2013 é aumentar esse número ainda mais.

Os critérios da seleção são a análise de desempenho acadêmico (média de notas de 8 a 10), da justificativa de inscrição, duas cartas de referência e histórico escolar digitalizado. Estudantes de todos os cursos podem participar.

Para obter informações sobre o programa e o procedimento de inscrição acesse www.mitacs.ca/globalink, ou envie um e-mail para globalink@mitacs.ca

Cerimonia de Ecerramento do Curso de Gestão Bancária, uma parceria EA/UFRGS e Banrisul

No dia 13 de setembro de 2012, ocorreu a cerimônia de Encerramento do Curso de Gestão Bancária, uma parceria entre o Banrisul e a EA/UFRGS. Participaram deste curso, 300 alunos, funcionários do Banrisul, sob a coordenação do professor Dr. Hugo Fridolino Muller Neto.
Estiveram presentes na cerimônia 160 alunos do curso, o presidente do Banrisul, Sr. Túlio Luiz Zamin, o professor Hugo Muller, coordenador do curso e a diretora da Escola, professora Marisa Rhoden.
Abrindo o evento, tivemos a presença do coral da UFRGS e no encerramento, o coral do Banrisul.

Parabenizamos a todos os alunos que participaram deste Ato.

Candidatos a Prefeitura de Porto Alegre na EA/UFRGS

No dia 17 de setembro foi realizado um evento coordenado pelo GPS (Grupo de Pesquisa em Sustentabilidade e Inovação) e pelo Voto Como Vamos (movimento da sociedade civil, criado por alunos da escola), com o objetivo de promover um espaço de diálogo entre a comunidade acadêmica da UFRGS e os candidatos a prefeitura de Porto Alegre. Estavam presentes, Nelcir Tessaro (PSD), Vice da Manuela (PCdoB), Adão Villaverde (PT) e seu vice Coronel Bonete, Sebastião Mello (PMDB) vice do Fortunati (PDT), Jocelin Azambuja (PSL) e seu vice Machado (PSDC), Érico Correa (PSTU). A abertura do evento foi realizada pontualmente as 10 horas pela professora Márcia Barcellos (integrante do GPS) e pela aluna Silvia Kihara (integrante do GPS, Voto Como Vamos e organizadora do evento). Após a abertura os convidados assistiram um vídeo do TED, palestra do professor José Eli da Veiga (“Por que a sustentabilidade é turquesa”) em seguida, o candidatos foram chamados por ordem de chegada, para falarem 10 minutos sobre os seguintes tópicos:
– Falar em linhas gerais sobre a plataforma de governo e de que forma a sustentabilidade está integrada neste plano.
– Citar as principais propostas relacionadas ao tema, escolhendo uma para falar um pouco mais, apresentando indicadores ou metas para a concretização desta.
– Abordar os seguintes tópicos: (1) Educação para a sustentabilidade (2) A dimensão social da Sustentabilidade. Explicitando suas ideias em relação a estes tópicos e como a suas propostas estão relacionadas.
Após a explanação dos candidatos, o professor Luis Felipe Nascimento falou sobre a atuação do GPS, as linhas de pesquisa estudadas pelos integrantes e a importância desta interação como a que ocorreu no evento. Depois disso, a Silvia Kihara falou sobre o Voto Como Vamos, mostrou o vídeo tutorial do aplicativo e explicou a ação “Porto Alegre precisa de mais”. Por fim, chamou os candidatos (na mesma ordem) para falarem mais dois minutos e assim o evento foi encerrado.

Sobre a ação Porto Alegre Precisa de Mais:
http://blog.poacomovamos.org/?p=424
Aplicativo do voto: www.votocomovamos.com.br
Vídeo tutorial do VCV: https://vimeo.com/46839535
Vídeo transmitido no evento: http://www.youtube.com/watch?v=mkqVmZ3_veE
Site do GPS: www.ufrgs.br/gps.

Trabalho de conclusão revela obstáculos ao uso de bicicletas na Capital

Universitários responderam questões sobre o uso do transporte alternativo, dando parâmetro para ampliação de ciclovia.

Trânsito violento, receio de assaltos e falta de ciclovias impedem que o uso de um meio alternativo de transporte, as bicicletas, se expanda pelas ruas e avenidas de Porto Alegre. A constatação está em um estudo feito com 1.136 acadêmicos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

A pesquisa que escancara os obstáculos para se reduzir o predomínio dos veículos automotores na Capital integra o trabalho de conclusão do aluno de Administração Luiz Augusto Silveira Ritta, 25 anos. Usuário de bicicleta durante um estágio de um ano em Budapeste (Hungria), em 2010, mas não-ciclista no Brasil, Ritta ficou intrigado com o seu próprio paradoxo.

Incentivado pela orientadora, a professora Marcia Dutra de Barcellos, ele enveredou por um assunto com bibliografia quase desértica. Construiu sua pesquisa no meio do debate na cidade sobre a instalação de sua incipiente rede de ciclovias, a previsão de se contar com bicicletários e aluguel de bicicletas públicas.

— Eu achei que haveria uma aversão maior ao uso de bicicleta. A maioria estaria disposta a usar bicicleta se o trânsito fosse menos perigoso e se houvesse mais ciclovias — afirmou.

Plano Diretor prevê 495 quilômetros de vias
Para Marcia, o trabalho do seu orientando tem o papel de servir como incentivo para que outros estudantes busquem temas em voga e possa contribuir para conscientizar os governantes e a própria sociedade. Ao avaliar a pesquisa na sexta-feira, o estudante avançou na análise sobre soluções para o problema, pinceladas em seu texto acadêmico:

— Nas campanhas, parece que falta uma abordagem para persuadir as pessoas a utilizar e respeitar a bicicleta. Falta, ainda, segundo a especialista, uma personalidade para dar esse endosso.

Porto Alegre conta, hoje, com 10 quilômetros de ciclovias e ciclofaixa. O Plano Diretor Cicloviário de 2009 prevê uma rede de 495 quilômetros de vias para bicicletas. Ainda longe desse objetivo, a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) tem seis projetos de ciclovias a caminho. Além da infraestrutura, porém, será preciso investir em uma mudança de mentalidade, observa o diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari.

— Porto Alegre não tinha um projeto cicloviário. Bicicleta foi sempre um meio de lazer. Mas não se muda a mentalidade de anos e anos em que o carro é uma exclusividade de uma hora para outra. Os motoristas reclamam da carroça, do pedestre, da bicicleta — argumenta.

Satisfeito com a repercussão e por colaborar com o debate sobre a ampliação da rede de ciclovia da Capital, Ritta ganhou nota máxima no trabalho de conclusão e se forma neste sábado na UFRGS.

Há cinco projetos não iniciados:

Em uso
— Ipanema – 1,2 km
— Diário de Notícias – 2,1 km
— Avenida Icaraí (ciclofaixa) – 1,7 km
— Avenida Ipiranga – 0,45 km
— Restinga – 4,6 km

Em construção
— Avenida Ipiranga – 1,4 km

Projetadas
— Rua Voluntários da Pátria – 3,5 km
— Avenida Severo Dullius – 1,6 km
— Avenida Sertório – 12 km
— Avenida Tronco – 5,6 km
— Avenida Edvaldo Pereira Paiva – 6,35 km

Total: 40,5 km

EA CULTURA – Aniversariantes de Setembro – EXCEPCIONALMENTE Quinta-feira, dia 27! PIANO E VOZ!

Convidamos para a Confraternização dos Aniversariantes do mês de setembro, a ser realizada no dia 27 de setembro, quinta-feira, às 16h30min no saguão da EA/UFRGS. Para celebrar teremos a apresentação do cantor Maicon Cossânego e da pianista Ana Maria Ribeiro Althoff, alunos do Instituto de Artes da UFRGS.

As músicas do repertório são:
Giacomo Puccini: E Lucevan le Stelle e Nessun Dorma
Heitor Villa Lobos: Lundu da Marquesa de Santos e Canção para o poeta do século XVIII
Carlos Gomes: Lo ti vidi e Quando nasceti tu

O evento que ocorre sempre na última quarta-feira de cada mês, será realizado na quinta-feira neste mês, em função do ENANPAD.

Contamos com sua presença!

Conheça os Aniversariantes de Setembro:
Lisiane Quadrado Closs, Damian Steppacher, Ana Mercedes Sarria Icaza, Pedro de Almeida Costa, Carlos Alberto Vargas Rossi, Sidinei Rocha de Oliveira, Cristina Amélia Pereira de Carvalho, Antônio Carlos Gastaud Maçada e Takeyoshi Imasato.

Programação Tópicos Especiais

Dia: 02/10/2012 (3ª Feira)
Palestrante: Prof. Dr. Charbel J. C. Jabbour (UNESP/Bauru e USP/Rib. Preto)
Palestra: “Oportunidades temáticas e metodológicas em sustentabilidade ambiental”
Horário: 14:00 às 16:00 horas

Palestrante: Profa. Dra. Mônica C. S. Abreu (UFC)
Palestra: “A comparative understanding of corporate social responsibility of textile firms in Brazil and China, publicado no Journal of Cleaner Production (A1)”
Horário: 16:00 às 18:00 horas

Local: EA – Sala 205

Dia: 03/10/2012 (4ª Feira)
Palestrante: Prof. Dr. Charles Kirschbaum – INSPER/SP
Palestra: “Utilização de Análise de Redes Sociais para o estudo de relações inter- e intra-organizacionais”
Horário: 14 às 16 horas

Palestrante: Prof. Dr. Douglas Wegner – UNISC – ex. doutorando PPGA, orientador Prof. Padula
Palestra: “O campo de estudos sobre cooperação interorganizacional: desafios teóricos e metodológicos”
Horário: 16 às 18 horas

Local: EA – Sala 205

Dia: 16/10/2012 ((3ª Feira)
Palestrante: Profa. Dr. Denise L. Fleck (Coppead/UFRJ)
Palestra: “Estratégia e os desafios empírico-metodológicos de desenvolver pesquisa orientada à construção de teoria de processos na área de Estratégia”
Horário: 14:00 às 18:00 horas
Local: EA – Sala 205

Inscrições: lhdutra@ea.ufrgs.br
Solicite o material da palestra também através deste email.

Alteração do funcionamento da Biblioteca do dia 17 ao 21 de setembro

Devido à participação de parte da equipe da Biblioteca Central na organização do XVII Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias, no período de 17 a 19 de setembro, estaremos prestando somente o serviço de empréstimo e devolução de livros. Os demais serviços devem ser agendados.
No dia 21 de setembro a Biblioteca Central estará fechada.