EAD: Administração Pública Contemporânea 2018-2019

INSCRIÇÕES ATÉ 16 DE ABRIL. Início em maio de 2018.

Processo seletivo 2018-2019

Clique aqui para acessar a lista de selecionados.

Apresentação

O curso de Administração Pública Contemporânea (CEAPC 2018 – 2019) está na 10ª edição, tendo sido pioneiro na UFRGS como especialização na modalidade a distância, em 2005. Suas nove edições anteriores formaram profissionais de diferentes organizações públicas municipais, estaduais e federais, dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, propiciando um diálogo de conhecimentos e de experiências bastante enriquecedor entre alunos de diferentes órgãos da administração pública, de diferentes lugares e estados do Brasil.

É oferecido na modalidade a distância, prevendo também avaliação presencial após o término de módulos de disciplinas, assim como a defesa da monografia no final do curso, na cidade de Porto Alegre/RS. Todo o restante do curso pode ser realizado a partir de qualquer lugar do Brasil ou mesmo exterior, via internet.

Diferenciais

O CEAPC visa formar um profissional com amplo conhecimento das diferentes áreas da administração pública contemporânea, da formação básica até áreas mais específicas. Por isso, são oferecidas 16 disciplinas, ministradas por professores especializados – a grande maioria com titulação de doutorado. Os professores são oriundos de diferentes formações (Administração, Economia, Direito, entre outras), de diferentes unidades da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e com experiência em várias organizações públicas.

Objetivos

Formar especialistas em Administração Pública Contemporânea, fornecendo-lhes, por meio da aprendizagem em ambiente virtual, com suporte computacional, subsídios teóricos e práticos atuais sobre a Gestão Pública que instrumentalizem a ampliação continuada da efetividade de suas ações, no interesse da sociedade.

Objetivos específicos

  1. Capacitar os gestores públicos de forma a habilitá-los para a leitura de cenários políticos, para a formulação das políticas públicas e para o gerenciamento efetivo dos programas governamentais.
  2. Conduzir o pós-graduando a se tornar independente na obtenção de conhecimentos e informações.
  3. Estimular o pós-graduando a utilizar suas habilidades de análise, síntese e avaliação.
  4. Oferecer aos gestores públicos e aos estudiosos e pesquisadores referenciais teórico-práticos que colaborem na aquisição de competências cognitivas, habilidades e atitudes, estimulando a ampliação do saber substancial e do saber instrumental sobre os governos locais, estaduais e federal.
  5. Revisar os princípios jurídico-contábeis que orientam a gestão fiscal dos municípios.
  6. Contribuir para o aprimoramento contínuo da prática administrativa dos governos, ampliando o apoio à concepção e à implementação de alternativas inovadoras para a solução dos problemas administrativos.

Público-alvo

Servidores públicos com atuação em todas as esferas de governo (municipais, estaduais ou federais) e nos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) e graduados interessados em geral, que atuam ou que tenham perspectivas de atuar em/com instituições públicas.


Clique aqui para fazer o download do programa do CEAPC 2018-2019.

Disciplinas

Administração e Políticas (30 h/a)
Fundamentos políticos: evolução conceitual da (ou do pensamento sobre) política como um fenômeno sócio-organizacional que explica parte do comportamento administrativo. Caracterização de um movimento político-organizacional, a partir da segunda metade do século passado: correntes, linhas e teorias no pensamento administrativo. A natureza política da administração: ação e discurso de uma prática de mediação. Teorias recentes e dominantes no campo: as abordagens políticas do administrador. O administrador contemporâneo como um agente político-organizacional.

 Aprendendo a aprender a distância (15 h/a)
Apresentação da Escola de Administração e da UFRGS. Conceituação e emergência da Educação a Distância. Abordagens pedagógicas de EAD. Aprendendo a aprender a distância. Ambientes Virtuais de Aprendizagem. Comunidades Virtuais de Aprendizagem. Processos interativos e recursos de aprendizagem em EAD. Apresentação do ambiente virtual de aprendizagem Moodle. Pesquisa na Web. Ética e autoria em EAD. Linguagem e comunicação em EAD. Aprendizagem na Web 2.0.

Finanças Públicas (30 h/a)
Definição do Estado. Finanças públicas. Conceito, importância e abrangência. Indicadores das finanças. Análise da estrutura e do desempenho das finanças públicas. Contas representativas da receita e da despesa pública. Receitas tributárias: fontes e competência. Estrutura dos impostos brasileiros. Transferências constitucionais e voluntárias. Fundos de Participação dos Estados (FPE) e dos Municípios (FPM). Aplicação dos Indicadores na análise da estrutura e do desempenho das finanças públicas.

Análise administrativa (30 h/a)
Análise de estrutura organizacional e fundamentos do design organizacional. Análise administrativa: análise de processos, de arranjo físico, de formulários, e manualização.

Ética e Responsabilidade Socioambiental (15 h/a)
As causas e os efeitos dos atuais problemas ambientais; a evolução da legislação ambiental; o desenvolvimento sustentável e a nova ordem econômica. A proteção ambiental na empresa: a empresa como parte da sociedade; a questão ambiental e sua inter-relação com os diversos setores da empresa; a relação custo-benefício da proteção ambiental; métodos e técnicas para a produção limpa; qualidade de produtos ecológicos; eco design; o marketing ecológico; ISO 14000 e a competitividade internacional; o gerenciamento ambiental da empresa.

Políticas Públicas e Desenvolvimento (15 h/a)
Estado, instituições, democracia, políticas públicas e desenvolvimento: imbricações necessárias. Ação governamental para o desenvolvimento e capacidades estatais técnico-administrativa, político-relacional e jurídica. Arranjos institucionais de implementação de políticas públicas desenvolvimentistas no Brasil pós-1988. Os desafios dos gestores públicos perante um ambiente institucional complexo de produção de política pública.

Gestão Pública Contemporânea (30 h/a)
Conceitos gerais de Administração, Administração Pública e Gestão Pública. Princípios da Administração Pública. Evolução do Pensamento Administrativo: das abordagens clássicas às contemporâneas: Clássica, das Relações Humanas, Burocrática, Neoclássica, Sistêmica, Contingencial, Institucional. A administração pública e as funções do gestor público. A Gestão pública com enfoque sistêmico. O desempenho da Gestão Pública. Governança Pública.

Gestão da Logística no Setor Público (30 h/a)
Conhecimentos relativos às atividades a cargo dos distintos segmentos da cadeia de suprimentos e o respectivo fluxo de informações sob o enfoque logístico integrado dentro das organizações públicas. Movimentação, armazenamento, dimensionamento, controle, tempos, custos e os modelos de gerenciamento voltados à demanda por produtos e por serviços ofertados pelas organizações, envolvendo, consequentemente, fornecedores, clientes, entidades governamentais e órgãos não governamentais.

Sistemas de Informação e Metodologia BPM (30 h/a)
A Tecnologia de Informação (TI) para a gestão das organizações, públicas ou privadas, detalhando cada um de seus componentes, tais como modelos e processos organizacionais que devem ser automatizados, Sistemas de Informação (SI) para suportar estes modelos e processos organizacionais, informação para a tomada de decisão, SI para a gestão estratégica (BI, BSC) e aplicações, normas e padrões de impacto da TI nas organizações. Metodologia BPM.

Liderança e Motivação (15h/a)
Motivação: conceitos e modelos teóricos fundamentais; aspectos que influenciam a motivação na gestão de pessoas no setor público: estabilidade; flexibilidade, jornada de trabalho. Liderança: estilos de liderança, modelos teóricos. Estudo de casos.

Gestão de Pessoas no Setor Público (30 h/a)
Fundamentos históricos da gestão de RH na Administração pública e conceitos fundamentais de gestão de pessoas no setor público. O desenho de cargos e carreiras na administração pública. A gestão da remuneração e do desempenho na administração pública. A importância da cultura organizacional. A gestão por competências no setor público. A política de capacitação de pessoas na administração pública.

Gestão Social e Desenvolvimento (15 h/a)
A Gestão Social como paradigma de gestão compartilhada para questões e para espaços públicos. A relação do Estado com movimentos sociais e terceiro setor. As dinâmicas de desenvolvimento e as relações entre entes no espaço público e em questões públicas.

Inovações no Setor Público (15 h/a)
Questões e temas emergentes em estudos organizacionais: reforma do Estado brasileiro, inovações no setor público, organizações públicas em rede e em sistemas, governo eletrônico, novas configurações  e caminhos da administração pública brasileira, futuro da  Administração e da Administração pública. Estudo de casos.

Metodologia e Projeto de Pesquisa (30 h/a)
Níveis de Conhecimento. A natureza da ciência e da pesquisa científica. Níveis de Pesquisa. Métodos e técnicas de pesquisa aplicáveis à Administração. Planejamento e processo da pesquisa científica. Desenvolvimento das partes da estrutura de um projeto de pesquisa.

Planejamento no Setor Público (30 h/a)
O Estado no século 21 e seus caminhos. Burocracia e estilos administrativos. Racionalidade e tomada de decisão.  Interesses, conflitos e poder na gestão pública. As organizações e a análise do processo de políticas públicas.  Estratégias no cenário governamental: planejamento estratégico. BSC e SWOT: estatística como instrumento de gestão.

Relacionamento Público e Internacional (30 h/a)
Transmitir conceitos básicos de Marketing de Relacionamento. Discutir a importância dos relacionamentos com os cidadãos e com os colaboradores no contexto da Administração Pública. Apresentar as principais diferenças entre Marketing de Relacionamento nos mercados industriais, de consumo e no setor público. Criar as condições para o entendimento da gestão das relações internacionais.

Funcionamento do curso

  • Todas as atividades são conduzidas a distância, através da plataforma de uso institucional da UFRGS.
  • O curso terá duas turmas com no máximo 25 alunos em cada.
  • O processo seletivo resultará na escolha de cinco alunos pertencentes ao corpo técnico-administrativo da UFRGS e 45 alunos pertencentes ao ambiente externo da UFRGS.
  • Cada módulo terá no máximo três disciplinas. Cada disciplina é conduzida por um professor-responsável, apoiada por professor-tutor.
  • Cada disciplina é desenvolvida por ciclos semanais contendo um cronograma de atividades, seguido da recomendação de leituras, vídeos, discussão em fórum, desenvolvimento de exercícios, enquetes, relatos, estudos de caso e outras atividades.
  • Toda semana também será realizado um chat ou vídeo-chat ao vivo de 60 min, para discussão em tempo real do tema da semana. Portanto, neste momento o aluno deverá estar conectado. Os chats ou vídeo-chats de cada disciplina ocorrem nas segundas e terças-feiras, das 20h às 21h ou das 21h às 22h, podendo ocorrer eventualmente nas quartas-feiras.
  • A participação dos alunos é monitorada em caráter permanente por um sistema de informações gerenciais.

Avaliações

A avaliação ocorre mediante realização das atividades a distância  e, ao final de cada módulo de disciplinas, por uma avaliação presencial de cada disciplina com peso de 50% do seu conceito total.

A avaliação da aprendizagem do aluno considera seu ritmo e deve ajudá-lo a desenvolver graus ascendentes de competências cognitivas, habilidades e atitudes, possibilitando-lhe alcançar os objetivos propostos. Mais que uma formalidade legal, a avaliação procura permitir ao aluno sentir-se seguro quanto ao domínio dos conteúdos examinados.

Serão considerados aprovados na disciplina os alunos que atenderem aos seguintes requisitos mínimos:

1) Avaliação de atividades a distância (peso de 50% da disciplina):

  • Reuniões Virtuais: participação efetiva nos chats, postando, no mínimo, uma contribuição por chat; participação mínima de quatro aulas interativas, ou oito, conforme se tratar de Disciplina de 15 ou de 30 horas-aula, respectivamente.
  • Fórum virtual da disciplina: participação efetiva e qualificada, postando, no mínimo, uma contribuição por fórum; participação mínima de quatro fóruns ou oito, conforme se tratar de Disciplina de 15 ou de 30 horas-aula, respectivamente.
  • Avaliação de atividades complementares (enquetes, exercícios, relatos, estudos de caso e outros).

Obs: cada disciplina poderá ter no máximo uma atividade complementar para cada carga horária de 15 horas.

  • Trabalho prático final de disciplina.

2) Avaliação de prova presencial no final de módulos de disciplinas, da respectiva disciplina (peso de 50% na disciplina).

O resultado dessas duas etapas, respeitadas as notas e seus respectivos pesos, será aferido ao desempenho do estudante na disciplina, um dos seguintes conceitos:

  • São conceitos de aprovação: A, B e C, correspondendo respectivamente a aproveitamento Ótimo, Bom e Regular.
  • São conceitos de reprovação: D e FF. O conceito D será atribuído por desempenho acadêmico insatisfatório e o conceito FF, por falta de frequência.

Para obter aprovação, o aproveitamento deverá ser equivalente a no mínimo 60%, ou seja, conceito C.

Se ao final dessas duas etapas o estudante obtiver conceito D, ele terá direito à recuperação. Nesse caso, poderá fazer uma prova presencial ou uma atividade a distância. Esta recuperação (prova ou atividade) deverá ser estabelecida em comum acordo entre estudante e professor. Realizada a recuperação, o desempenho do estudante na disciplina obterá o conceito C (aprovado) ou D (reprovado).

As avaliações e os critérios para conversão das notas em conceitos finais são de autonomia do professor. Todos os critérios de avaliação serão expostos no plano de ensino de cada disciplina.

O discente poderá, através de requerimento fundamentado e dirigido à coordenação do curso, solicitar revisão de conceito parcial ou do conceito final que lhe for atribuído, até três dias úteis contados a partir do dia seguinte à publicação pelo docente ou acesso à avaliação pelo discente.

Inscrições, seleção e cronograma

Número de vagas: 5 (cinco) vagas pertencentes ao corpo técnico-administrativo da UFRGS e 45 (quarenta e cinco) vagas pertencentes aos candidatos externo da UFRGS.

Prazo para inscrições: prorrogado até 16/04/2018

Requisitos mínimos: diploma de conclusão de graduação

Processo seletivo: de 17/04/2018 a 19/04/2018

Para realizar sua inscrição para o curso 2018-2019, é necessário enviar via Correios a documentação discriminada a seguir, ou entregá-la pessoalmente, durante o período de inscrições.

Documentos necessários para inscrição:

  • Ficha Cadastral preenchida e assinada (clique para fazer o download)
  • Cópia da Identidade e CPF
  • Cópia de comprovante de residência
  • Cópia do histórico da graduação (autenticado em cartório) e cópia do diploma da graduação (autenticado em cartório)
  • Foto 3×4
  • Curriculum Vitae (informações obrigatórias: histórico de trabalho formal, histórico de cargos assumidos nos últimos 5 anos, cursos de extensão e especialização realizados)

Endereço:
Escola de Administração da UFRGS
A/C gerente administrativo Luiz Fernando Machado Soares
Rua Washington Luiz, 855 – 2º andar
CEP: 90010-460
Porto Alegre – RS

Horário de funcionamento: 
De segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h30 e das 14h às 17h30

Critérios de seleção:
a – Desempenho acadêmico médio (peso 3): Regular = 1 ponto; Bom = 2 pontos; Muito bom = 3 pontos

b – Nível de responsabilidade em cargos assumidos nos últimos 5 anos (peso 2): Cargos sem função de gestão = 1 ponto; Cargos de supervisão ou similares = 2 pontos; Cargos de chefia = 3 pontos; Cargos de Direção = 4 pontos

c – Tempo de trabalho formal (peso 2): Menos de 4 anos = 1 ponto; Entre 5 e 19 anos = 3 pontos; Entre 20 e 29 anos = 2 pontos; Entre 30 e mais anos = 0 ponto

d – Cursos de especialização realizados (peso 1): Nenhuma especialização = 3 pontos; Uma especialização = 2  pontos; Duas ou mais especializações =  1 ponto

e – Cursos de extensão realizados (peso 1): Nenhum curso = 0 ponto; Um curso = 1  ponto; Entre dois e quatro cursos  =  2 pontos; Entre cinco e mais cursos =  3 pontos

Pontuação mínima para ser selecionado = 6 pontos

Em casos de empate, será observada a maior pontuação dos critérios de seleção o item “a”.

Persistindo o empate, serão utilizados os critérios de seleção itens b, c, d, e, um a um, nesta ordem, até que haja desempate.

A seleção das 5 (cinco) vagas pertencentes ao corpo técnico-administrativo da UFRGS será exclusiva para os concorrentes a essas vagas e obedecerá aos mesmos critérios de seleção anteriormente descritos.

Divulgação da lista de selecionados em ordem de classificação: 20/04/2018

Prazo para recursos: 23/04/2018 a 26/04/2018

Envio de recurso: luiz.soares@ufrgs.br

Resposta dos Recursos: 02/05/2018

Data prevista para início das aulas: 07/05/2018

Datas previstas de provas presenciais: 04/08/2018, 15/09/2018, 01/12/2018, 13/04/2019, 06/07/2019 e banca de TCC em dezembro de 2019.

Data prevista para término das aulas: 22/12/2019

Carga horária do curso: 390 horas

Vagas remanescentes por sobra ou desistência poderão ser preenchidas até 23/04/2018, utilizando os mesmos critérios de seleção acima descritos.

Investimento

Valor de Matrícula: R$ 600,00
Mensalidades: 12 X R$ 750,00 ou 18 x R$ 500,00
Total: R$ 9.600,00