Vínculo sem atividades

O vínculo sem atividades constitui uma situação de excepcionalidade, quando o aluno não tiver oferta de atividade de ensino que lhe permita cumprir o currículo de seu curso. Caracteriza-se pelo registro de matrícula em nenhuma disciplina, criando vínculo para que não se configure abandono de curso.

Se aplica, também, àquelas situações em que o ingresso do aluno ocorre depois de transcorridas mais de 25% das aulas, de tal forma que se evite, pela ausência de matrícula, a reprovação por falta de frequência (FF).

Também é o caso quando o aluno está matriculado e obtêm Dispensa de Disciplina por Equivalência em todas as atividades, em período que não é mais possível a matrícula substitutiva, evitando que se caracterize abandono de curso.