junho 25th, 2010

Execução de fundação com estacas tipo escavadas

Obra de ampliação de estrutura preexistente sobre recuo lateral, com execução de fundações do tipo estacas escavadas, executadas a partir de escavação mecânica do solo com trado helicoidal e moldadas in situ, executada por empresa especializada. A perfuratriz hidráulica é montada sobre um chassi de caminhão, dando-lhe muita mobilidade. A escolha deste tipo de estacas deu-se também em função de sua proximidade com as divisas do terreno, uma vez que produz pouco impacto sobre as edificações vizinhas.

Ao verificar-se a presença de água nas escavações, a profundidade projetada de 16 m precisou ser reduzida para 13 m. O calculista recomendou que a redução fosse acompanhada de aumento dos diâmetros das estacas, para não haver alteração da resistência. O concreto utilizado (20 MPa*) foi de resistência superior às necessidades meramente estruturais (15 MPa), por razões de segurança. Em função de o solo neste local apresentar pequeno índice de suporte, o cálculo das estacas profundas considera somente a transmissão de carga por atrito lateral.

O procedimento inicia com a perfuração do solo, através de trados helicoidais seqüenciais, até a cota desejada, de forma que o solo seja removido entre as lâminas. Os diâmetros disponíveis dos trados variam de 30 cm a 120 cm, e a perfuração pode chegar até a profundidade de 25 m. Depois de atingida a cota prevista em projeto, é lançada uma nata de cimento na superfície lateral do furo, para evitar desagregação da parede. Sendo o espaço de trabalho muito pequeno, não foi utilizada uma retro-escavadeira para a remoção simultânea do material escavado. Pronto a escavação e recobertas as paredes, é lançado o concreto, através da mangueira do caminhão-betoneira. Esse lançamento é feito de uma vez só, sem interrupções. Em função da presença de muito solo ao redor da estaca, se isolou o furo durante a concretagem com o auxílio de painéis de madeira, para que o solo não se misturasse ao concreto. Finalizando, posiciona-se a armadura de ligação, que é simplesmente introduzida no concreto fresco. A função desta armadura, como diz o nome, é servir de ligação entre a estaca e as vigas baldrame que serão posicionadas sobre ela.

* A Resistência Característica do Concreto à Compressão (fck) é um dos elementos do cálculo estrutural, medida em MPa (Mega Pascal), sendo o “Pascal”: Pressão exercida por uma força de 1 newton, uniformemente distribuída sobre uma superfície plana de 1 metro quadrado de área, perpendicular à direção da força; e o “Mega Pascal” (MPa ou 1 milhão de Pascal): igual à 10,1972 Kgf/cm². O fck 30 MPa apresenta resistência à compressão de 305,916 Kgf/cm².


Matéria elaborada a partir de pesquisa e imagens das alunas Carolina Pandolfo e Renata Zen

0 Comments »

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Leave a comment

You must be logged in to post a comment.

This work is licensed under GPL - 2009 | Powered by Wordpress using the theme aav1