maio 15th, 2014

Andaime Fachadeiro

No Brasil, o método construtivo mais comum das construções em grande altura baseia-se, primeiramente, no modelamento da supraestrutura da edificação e alvenarias e, posteriormente, na execução dos rebocos e revestimentos finais.

Neste método, os acabamentos externos são, muitas vezes, realizados com ajuda de andaimes suspensos (chamados também balancins ou jaús) por cabos de aço, o que restringe o desenvolvimento simultâneo das diversas fases da obra, bem como obriga a construtora a adotar maior número de medidas de segurança contra a queda e projeção de materiais, como a instalação de bandejas de proteção.

Ainda, a logística de montagem e de subidas e descidas consecutivas dos balancins para cumprir as atividades planejadas para cada etapa não é tão eficiente, pois todo o processo demora muito e permite que no máximo quatro operários consigam trabalhar concomitantemente em cada um deles. Exige-se também que a etapa anterior esteja totalmente concluída para que se inicie a etapa seguinte.

A utilização de andaimes fachadeiros foi a opção adotada na obra em questão, trazendo avanços importantes em termos de qualidade, produtividade e segurança do trabalho.

Este sistema permitiu que mais de um operário trabalhasse no revestimento externo da edificação simultaneamente e em diversas frentes; houve redução do risco de quedas em altura e projeção de materiais, sendo dispensado o uso de plataformas e bandejas. Além disso, a montagem e desmontagem foram feitas rapidamente.

Matéria elaborada a partir de pesquisa e imagens do aluno Pedro Ivo Pan.

0 Comments

No comments yet.

RSS feed for comments on this post.

Sorry, the comment form is closed at this time.

This work is licensed under GPL - 2009 | Powered by Wordpress using the theme aav1