Nota pública e resolução sobre atividades na Faced

Diante da pandemia do Coronavírus/COVID-1 e comprometida com a comunidade, a Faculdade de Educação divulga texto defendendo que serviços de Saúde Pública não estejam baseados na lógica do lucro, alertando para o cuidado com a educação e isonomia no tratamento de estudantes, docentes e técnicos. Confira a nota pública, clicando aqui ou leia abaixo (também na versão em Libras).

“O Conselho da Faculdade de Educação (FACED) vem a público manifestar e afirmar o comprometimento de nossa Faculdade no cuidado com sua comunidade. Compreendemos que o atual cenário do Coronavírus/COVID-19 exige de todos, instituições e sujeitos individuais, atenção redobrada com a saúde, com a educação, e com o bem estar coletivo.

As decisões e Resoluções na FACED vieram nos mostrar o quanto é importante respeitarmos nossa comunidade – nossos estudantes, servidores e servidoras docentes, técnicos e terceirizados – estabelecendo diálogos e construindo alternativas coletivamente. Compreendemos que nosso contexto é de exceções, contudo não podemos abrir mão de nosso cuidado com a própria educação e com a isonomia no tratamento de todos, considerando as condições de estudantes, docentes e técnicos que podem não ter acesso à internet e o domínio da tecnologias da Educação à Distância (EaD), garantindo atenção especial aos membros de nossa comunidade que estão mais suscetíveis à COVID-19, respeitando os trabalhadores e trabalhadoras concursados e terceirizados, que estariam expostos, diariamente, ao transporte público.

A Pandemia que vivemos coloca em relevo a redução de gastos imposta pela Emenda Constitucional 95, que tem inviabilizado a manutenção de um sistema de saúde pública adequado para todos os brasileiros e brasileiras; assim como traz à tona a situação precária que nossos trabalhadores e trabalhadoras vivem, com o aumento do trabalho informal e a perda crescente de direitos conquistados.

Conscientes do importante papel que FACED/UFRGS ocupa, queremos expressar nossa defesa incondicional a um projeto de Educação que contribua na construção de relações mais solidárias, em que todos e todas são importantes, independente da classe social, da raça, etnia, idade, religião, deficiência, gênero ou sexualidade.  Defendemos serviços de Saúde Pública que não estejam baseados na lógica do lucro, da exploração e da ganância de setores que buscam enriquecer a partir de uma crise, como a que vivemos em nosso planeta hoje. A COVID-19 tem nos mostrado que é fundamental cuidarmos uns dos outros, principalmente daqueles que vieram antes de nós, nossos pais, avós, bisavós,… Esses com os quais nos comprometemos na construção de um mundo melhor para todos.

É tempo de cuidado, é tempo de reflexão, é tempo de ficar em casa!! Fiquem tranquilos, nos encontraremos, pessoalmente, em breve, para recomeçar. Que este tempo seja educativo e transformador para todas e todos nós!”

O Conselho da Faced também publicou uma resolução com orientações às comissões de graduação, de pós, departamentos e docentes da Faced. Clique aqui e acesse o documento.

Please follow and like us:
Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial