Projeto de extensão Arte de Sinalizar

Arte de Sinalizar, iniciativa criada em abril de 2017, promove experiências que façam as pessoas refletirem sobre a literatura surda, levando o conhecimento da arte através de saraus, palestras e encontros culturais. Em janeiro deste ano, membros do projeto estiveram no Maranhão compartilhando produções com o público em busca de uma nova visão sobre a cultura surda.

De 7 a 9 de janeiro foi realizado o Seminário Mãos Literárias (Semali) na Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Promovido pelo projeto de extensão vinculado ao Departamento de Estudos Especializados da Faculdade de Educação da UFRGS, o Semali envolveu 120 participantes, seis palestrantes nacionais, seis comunicações sinalizadas e três workshops.

As atividades do Arte em Sinalizar continuaram no dia 9 de janeiro com um Sarau na Pousada Portas da Amazônia. Estiveram presentes 96 pessoas que acompanharam 20 apresentações de narrativa, humor e poesia.

A última atividade foi junto ao Governo do Estado, em 10 de janeiro, que estuda uma parceria para que o Projeto desenvolva a formação de professores da Rede Estadual de Ensino em Língua Brasileira de Sinais (Libras), além da produção de materiais e outros trabalhos em conjunto com a comunidade surda do Maranhão.

Os produtos e ações do projeto Arte de Sinalizar da UFRGS podem ser conferidos no seu Repositório Artístico, no Sarau Arte de Sinalizar; e no Workshop: Narrativa, Humor e Poesia; e na Revista Brasileira de Mãos Literárias.

 

Site do Projeto: https://www.ufrgs.br/artedesinalizar/

FanPage do Projeto: https://www.facebook.com/artedesinalizar/

Contato: artedesinalizar@gmail.com

Fonte: Secretaria de Comunicação